Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mamã Zen, Mamã com estilo...

O Blog que fala de tudo e de nada, do simples ao complicado, ou seja ... ...do dia a dia... Do bom e menos bom, de experiências e vivências, de moda e tendência, de estilo e modo de vida... Enfim do tudo e do Universo.

As mães também choram...

crianca-filhos-choro-irritacao-mae-1320940525757_9

 

 

São dias…

 

Dias menos bons no meio de bons momentos proporcionados por aqueles que nos chamam mães.

 

É verdade que a maternidade não é só um mar de rosas, e quem o diz que o é, mente.

 

No entanto posso-vos dizer que nunca fui tão feliz e completa ao ser mãe.

 

Mas é como tudo na vida, tem os seus prós e os seus contras, mesmo que os prós sejam muitos mais que os contras, e por vezes ou SEMPRE, os prós “abafem” os contras.

 

Há quinze dias atrás, (sensivelmente), que a minha filhota adoeceu com uma amigdalite. Eram febres de 40 graus, não comia, estava completamente desregulada em horas de sono, devido às febres e à medicação. Enfim, daqueles momentos que não se deseja a ninguém e que parte o coração de qualquer mãe ao ver o pequenote naquele sofrimento.

 

Após iniciar a medicação, incluindo antibiótico, e passados 3 dias começou a melhorar.

 

Só que para a resguardar de reinserção da infecção, acabei por deixar comigo durante a semana toda, até esta segunda-feira.

 

Eu não sei já em que estado estava-mos.

 

Ela sem febre, mas numa fase muito complicada de birras,  dava a volta à cabeça do pessoal cá de casa.

 

 E eu a dar em louca por ser a que passava TODOOOO o tempo com ela, entre o bom humor e as birras, e estarmos ambas encerradas em casa, sem ver pessoas, respirar ar puro, enfim…

 

Tudo já era motivo para ambas estarmos numa fase critica.

 

Chega quinta-feira, mais um dia mal dormido, mais um dia desde cedo com as benditas das birras presentes, uiiii…

 

- Queres iogurte?

- Não…

- Queres pão?

- Não…

- Queres “isto e aquilo”?

- Não…

 

Depois vem o “SIM”

 

- Mãe “tuti”. (iogurte)

- Mãe pão.

-Mãe “banhanha”. (banana)

- Mãe “isto e aquilo”….

 

E depois vem: afinal não quer nada, e chora e chora…

 

E eu?!?

 

Chorando, claro…e dizendo à minha sogra: “eu sou má mãe…eu não percebo porque ela chora. Eu não percebo o que ela quer…eu não sei o que tem…ela não deve gostar de mim…”

 

E a minha sogra (uma querida): “Calma Soraia, tu és boa mãe…é normal isto “neles”, está ainda doentinha, há muito tempo que não sai de casa…tem calma…e ela gosta de ti”

 

Lá no meu hipo-hipo, acalmei-me, e depois de ressuscitar o meu Tico e o meu Teco, vejo que são momentos de mãe desesperada…

 

Um aparte:

 

Sou boa Mãe.

E ela gosta de mim, se não, não andava “pendurada” à minha perna todo o dia a dizer “Mãe, Mãe, Mãe…”

 

Quem não tem momentos de mãe desesperada?!?!

 

Acho que todas temos um dia desses…

 

Parece que alucinamos por momentos.

 

Hoje e depois de dias, e noites mais tranquilas, de rotina quase normalizada…já relembro com alguma graça, os meus últimos 15 dias.

 

Ser mãe dá-nos momentos que parece que o Mundo vai acabar ALI, mas tem outros que fazem nós Mulheres completamente felizes e realizadas.

 

Não troco por nada este meu título.

 

E já agora, não temas, porque afinal as mães também choram…mesmo que te pareça que estás a ficar maluca, não estás, é normal…ahahaha

 

Beijinhos muito grandes da Mamã Zen, Mamã com Estilo…

1 comentário

Comentar post