Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mamã Zen, Mamã com estilo...

O Blog que fala de tudo e de nada, do simples ao complicado, ou seja ... ...do dia a dia... Do bom e menos bom, de experiências e vivências, de moda e tendência, de estilo e modo de vida... Enfim do tudo e do Universo.

Qui | 21.05.15

É por isso que sou a Mamã Zen...

Por fim a parte mais "ZEN" de mim...

 

 

 

Não é que a palavra "ZEN" seja bem empregue, pois não serve como adjetivo. No pouco que tenho estudado sobre o ZEN, consigo perceber que ZEN é um ensinamento, associado ao budismo. No entanto, muitos de nós, usamos a palavra "zen" como para adjetivar um estado de equilibrio pleno e sereno.

 

Até ao momento que aventurei-me a descobrir o ZEN, percebi o quanto estava errada na noção criada na minha cabeça sobre o mesmo.

 

Mas adiante...e usando a palavra adjetivada.

 

Há algum tempo para cá e principalmente depois da minha Borboleta nascer, senti a necessidade de criar o meu Mundo, mais sereno e calmo. Acho que este sentimento provem do instinto maternal. Queremos protejer. Queremos cuidar das nossas crias em paz e pleno amor...Aquela imagem de bebé a dormir como anjinho...são associações que fazemos a este novo estado de espirito. Uma Mamã "Zen"....tranquila, serena, amor....

 

A realidade é que por vezes o nosso desejo de tranquilidade, não equivale à realidade...pois a maternidade não é o mar de rosas que as revistas, a TV e as amigas pintam. Amamos sim, os nossos filhos, mais que tudo nesta vida, podem ter a certeza...mas existe o se não, o lado menos positivo.

 

Um bebé que chora muito nos primeiros meses de vida, um bebé que tem dificuldade em adormecer, um bebé que por exemplo pode ter dificuldade na pega da maminha...ou até mesmo o lado da Mamã que passa a fase do Baby Blues e/ou uma depressão pós parto...Tudo isto retira o estado mais "zen" (calmo) da história.

 

No entanto conto-vos um pouco da minha história.

 

A Mamã teve uma linda bebé, que não gostava de dormir e chorava muito nas primeiras semanas de vida.

 

Para ajudar a Mamã, assim que teve alta do hospital e chegou a casa, entrou na fase do Baby Blues que por sua vez originou uma depressão pós parto. Mas calma, eu fui sempre muito bem acompanhada, por profissionais.

 

Mas dai, desse tombo que levei naqueles dias, eu só queria ser EU, voltar ao normal, não ser egoista a pensar que só eu sabia cuidar bem da minha menina. Não têm noção, mas um Baby blues, faz de nós outras pessoas...posso dizer que tem um lado de horrivel. E digo isto, tendo em conta a minha experiência, achar que só eu sabia cuidar da minha bebé, e mais ninguém.

 

Desta fase, partiu a minha mudança. Foi dai que quis mudar tudo. Da curiosidade passei a estudar, frequentei cursos em áreas holisticas, mudei atitudes e pensamentos, frequentei atividades como o Yoga ( com muita pena minha, não pude continuar, mas assim que conseguir retomar eu volto) e de tudo isto, e aos poucos estou ao encontro do equilibrio e do Universo.

 

É por isso que sou aqui, a Mamã Zen...

 

É só um pouco mais de mim...uma mistura de histórinhas...

 

Peço desculpa para quem é previligiádo na sabedoria dos ensinamentos, e se pude expressar  me menos bem quando falei no Zen, e no budismo, mas estou apenas no  "A E i O U" de principiante.

 

Beijinhos muitos, muitos com imensa gratidão da Mamã Zen, Mamã com estilo...