Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mamã Zen, Mamã com estilo...

O Blog que fala de tudo e de nada, do simples ao complicado, ou seja ... ...do dia a dia... Do bom e menos bom, de experiências e vivências, de moda e tendência, de estilo e modo de vida... Enfim do tudo e do Universo.

Já pensou o erro que pode estar a causar nos avisos "cortes de luz" ao conduzir?

Pois é, fiz fim-de-semana prolongado e só hoje me assumo por aqui. Hoje nesta bela segunda-feira Yehhhhh, que apesar de cheirar a mais uma semana de trabalho (para aqueles que não estão de férias, claro) , temos que a enfrentar com determinação o algo que realmente tem que ser feito.

 

Façamo-lo com amor e gratidão, e de certo que tudo flui.

 

Agora com um assunto sério, para começar a semana...

 

 

 

Durante este fim-de-semana, estava eu e o meu "Namarido" a andar de carro para aqui e para aculá nos afazeres do costume, típicos de fim-de-semana, quando vários carros começam a fazer sinais de luzes, indicando que mais a frente existia patrulha.

 

OK. Até eu ser Mamã, a minha consciência alegrava-se pelos os avisos, como se de algo andassemos a fugir. Parvoices, paranóias, o medo da implicância por qualquer coisinha, sei lá...

 

Mas agora que sou Mamã, já não vejo isso como um bom sinal. E vejamos pela pior das perspectivas.

 

Estamos numa época alta do ano, onde por exemplo o Algarve recebe meio Mundo nas férias. As filas nos supermercados, a multidão nos centros comerciais, as loucuras das ruas durante os passeios nocturnos, tornam-se propicios a perdermos de vista, mais facilmente as nossas crianças. E basta um "ai" para cair na boca do lobo.

 

Ai no nosso desespero chamamos as patrulhas e tudo mais para ajudar a encontrar o nosso filho, e daí que por questões de segurança fazem reforços em pontos estratégicos para mandar parar viaturas, de forma a encontrar possivelmente algo de suspeito, entre outras coisas.

 

Mas como atrás alguém fez sinais de luzes e avisou que ALI ESTAVA POLICIA, o dito "lobo mau" muda o caminho e perde-se a hipotese de encontrar o que procuram.

 

Sei que é uma perspectiva muito má, mas já alguma vez alguém pensou nisso? Quem diz um rapto de uma criança, diz de um adulto, de um ladrão, ou contrafeitos, etc.

 

Eu nunca tinha pensado, nem o meu "Namarido", mas desde que fomos pais, muita coisa nos tem mostrado o que é realmente certo pela nossa segurança e de todos.

 

Obrigado aqueles que fazem os sinais de luzes,mas dispenso. Hoje dou o meu muito obrigado aqueles que NÃO DÃO sinais de luzes. Eu também não os dou. Pela tua segurança, pela minha, por o dos nossos filhos, por o que está errado.

 

Nunca sabemos o que "lá vai"...

 

Isto é apenas um alerta.

 

Beijinhos grandes da Mamã Zen, Mamã com estilo...