Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mamã Zen, Mamã com estilo...

O blogue que retrata da vida de uma mulher após maternidade. Entre biberões e batons, um mundo cheio de descobertas ao estilo Zen.

A maternidade como uma oportunidade de realinhamento profissional

Há coisa e coisas. Coisas que não sabemos explicar, mas que passam no nosso caminho com o sentido de nos deixar uma mensagem. 

Digo isto, e para que vocês consigam perceber o que estou a falar, vou vos contar a minha situação presente.

 

Neste momento a minha bebé tem 12 meses, e sou imensamente grata por poder ser eu a tomar conta dela todo este tempo. Graças a Deus a minha vida assim trilhou para que eu própria pudesse cuidar 24 horas, sobre 24 horas, sem ter que levá-la para o infantário.

 

Quando ainda era gestante, eu tinha tudo muito definido na minha cabeça. Por minha concordância e do Papá, tinhamos, proposto colocar a bebé, mais ou menos aos 8 meses, no infantário. Pensávamos na parte cognitiva da bebé, no beneficio que podia ser para ela e para o seu desenvolvimento, não sabiamos é que depois dela nascer, e com o passar do tempo o coração de Mamã, fica menos prodisposto a partilhá-la com o desconhecido. Acho que nos tornamos um pouco egoistas e egocêntricas, pensamos no bebé sim, mas pensamos na dor que nos causa ver os nossos rebentinhos nas mãos dos outros que mal conhecemos. Será que fica bem? Será que sofre pela minha ausência? Será, será, será.....? E assim continuamos.

Como já mencionei, eu sou grata por ter oportunidade de ser eu a cuidar da minha filha a tempo inteiro, outros nem sequer têm essa opção, simplesmente têm que colocar nos infantários, ou contratar alguém para cuidar dos seus filhos, porque têm que trabalhar fora de casa.

 

Eu continuo com a mesma oportunidade de poder continuar a ser EU, a cuidar da nossa bebé, mas a verdade é que também trabalho, apartir de casa. Também sou, no melhor que posso, dona de casa. Também sou, o melhor que até agora consigo, e que a maternidade deu-me oportunidade de ser, blogguer. E sobretudo, sou Mamã.

Sou tanto numa só pessoa, que por vezes sinto que cheguei ao fim do dia, e perdi-me no meio de tanta "profissão", principalmente na mais gratificante de ser Mamã.

E as horas passam, e o dia passou, e qualquer coisa ficou por fazer. E eu, reclamo em voz alta, mas comigo mesmo, porque deixei tarefas para trás.

 

A verdade, é que não somos super heroinas, ou somos. hehehe

Exigimos muito de nós. Por vezes não deviamos.

 

Voltando ás nossas ideias bem definidas, passou os 8, 9, 10 e por ai fora, meses, e não consigo ceder, render-me ao melhor momento para colocar a nossa bebé no infantário.

O Papá diz à Mamã: "Também precisas tempo para trabalhar....também precisas tempo para fazer as tuas coisas."

Eu sei que é verdade, mas dói, dói aqui dentro. Porque o tempo passa a voar, e eu não quero perder nada, que seja importante do melhor de mim, a minha Borboleta.

 

Eis que recebo um e-mail, e porventura, clico no seguimento de videos no Youtube, onde deparo-me com este video, que aqui vos deixo, tão direcionado à minha vida neste momento. Aos medos de quando descobrimos que estamos grávidas, ao medo do futuro, ao medo de avançar, ao medo de lutar pelos os sonhos, a tudo.

 

E ainda hoje, quando estava a olhar para ela, eu senti a gratidão de cuidar todos os dias dela, de fazer parte da  minha vida todos os minutos, até mesmo quando estou a trabalhar.

 

Eu tenho o projeto nas minhas mãos, eu tenho os meus sonhos comigo, e eu sou MÃE acima de tudo, mesmo quando partilho a minha filha, com alguém que sabe cuidar dela com respeito e dedicação.

Porque hoje, que sou Mamã, tudo o que faço é em prol do melhor para ela. Para uma vida melhor, um futuro melhor, para nós FAMÍLIA.

 

Aqui vos deixo um video inspirador.

A maternidade como uma oportunidade de realinhamento profissional

 

 

Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..." .

 

 

 

Mala de Maternidade: o que levar?

Este post, é dedicado principalmente às futuras Mamãs.

 

 

 

Decidi fazer este post, porque uma futurã Mamã questionou, no Facebook, o que levar para a maternidade, e recordo-me perfeitamente, que quando estava grávida, sendo Mamã de "primeira viagem", questionava-me muitas vezes o que levar na mala para a maternidade. Não cria ser exagerada, mas também não queria estar em falta.

 

Hoje que já passei por essa experiência, posso contar-vos o que devemos levar na mala para a maternidade, com a certeza que é realmente o que necessitamos sem exageros nem faltas, e será muito útil para vocês, futuras Mamãs.

 

Então abaixo vou colocar uma listinha para a Mamã, e outra para o Bebé. (Atenção esta lista é baseada na minha experiência.)

 

Lista para a Mamã:

  • Duas camisas de dormir (ou uma camisa de dormir para o dia do parto, e um pijaminha fresco e prático, principalmente para as Mamãs que amamentam)
  • 6 cuequinhas (descartáveis, ou não. Eu comprei descartáveis, mas acabei por usar mesmo as minhas, por isso fica ao vosso critério)
  • 1 chinelos de quarto
  • 1 chinelos para banho (tipo havaianas)
  • Produtinhos de higiene ( como: escova de dentes, pasta de dentes, champo, gel duche)
  • Escova de cabelo.
  • Opcional: Levar as toalhas de banho e rosto. O Hospital normalmente fornece, no entanto, há pessoas que não gostam de utilizar as toalhas do hospital. Na minha opnião, estão mais desinfetadas que as nossas, por isso eu também usei do hospital sem problemas.

Lista do Bebé:

  • 4 Babygrows
  • 4 Fatinhos interiores
  • 4 Calçinhas interiores (Consoante a época do ano que nasce o vosso rebentinho)
  • 4 peuginhos
  • 2 fraldas de pano
  • 10 fraldas descartáveis
  • 1 pacote de toalhitas húmidas sem perfume (opcional, pois há quem prefira limpar o rabinho dos bebés com comprensas humedecidas em água. O Hospital dipõe das compreensas.)

Na hora do parto:

  • Devem ter a parte para o bebé:1 babygrow, 1 fatinho interior completo, um gorrinho e uma fralda descartável.
  • Para a Mamã, é conveniente ter uma camisa de dormir, umas cuequinhas, e os chinelos de quarto.

Quando eu fui para o hospital, eu apenas levei uma mala com tudo, exceto um saquinho,(mesmo de papel), com a roupinha do bebé, para quando nascesse. Achei que uma mala era suficiente para mim e para a bebé. Assim foi.

 

Durante os dias que estivemos internadas, pediamos ao Papá o necessário, para quando viesse à visita, trazer-nos.

 

Penso que tornei tudo mais fácil desta maneira. Tentei ser o mais prática possivel.

E resultou. Espero que com este post, possa-vos ter ajudado de alguma forma.

 

Podem sempre deixar as vossas questões, e sugestões aqui embaixo, nos comentários. Gostarei de saber a vossa opnião, ou até mesmo como foi convosco. 

 

A Mala de Maternidade também foi uma aventura para vocês?

 

Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..." .

 

 

 

 

Desabafo do dia: 100% Crazy

Olá ... Hoje venho um pouco diferente, venho eu, como sou e estou neste momento.

 

Estou naqueles dias mensais terriveis na vida de uma mulher...

Se sou gulosa, pior fico. Se sou impaciente, pior fico...e este mau estar que não desaparece?!?!

Xiiiiiiiiiii...a sorte é que adoro ser mulher, mesmo com estas "coisas" chatas tipico de mulheres...ahahah

 

Sabem o que é que eu fiz hoje? 

Um bolo de cenoura com sementes de papoila. Tem cabimento?!?!

Como é possivel fazer dieta? Assim não dá...podias  vir e não fazeres de mim uma gulosa e desfomiada...

(Ahhh as sementes de papoila, foi só para dar um toque mais "light" à "coisa". )

 

Pronto, já disse, já falei, já desabafei...agora vou ali comer mais uma fatiazinha de bolo, que chora por mim desamadamente.

 

 Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..." , hoje um pouco doidinha, mas feliz.

 

 

 

 

3# TAG: What makes me happy...

Olá, Olááá...Antes de mais quero-vos desejar uma ótima semana, como sempre, cheinha cheinha só de coisas boas.

 

A Mamã hoje veio aqui responder a um desafio colocado pela blogguer Camellia. A Camellia há-de pensar que me esqueci dela, mas não, aqui estou eu...hehehe

 

 

Camellia desafiou-me para a tag "What makes me happy". Como já conto com algumas primaveras, aqui vos deixo os 28 momentos e/ou situações que me fazem feliz.

 

  1. Como Mamã, acordar, olhar para a minha Borboletinha e ver aquele sorrissssoooo de encher o coração logo pela manhã.
  2. Receber o Bom Dia do meu mais que tudo...pois faz-me sentir que está, aqui ao pé de mim, e está tudo bem.
  3. Saber que está tudo bem com os meus pais, diariamente, uma vez que não moro com eles, e não os vejo a diário.
  4. Todos os dias receber das minhas filhotas de 4 patas, a alegria de eu estar presente na vida delas.
  5. Adoro a folguinha, depois de almoço, que eu e a minha filhota temos juntas.
  6. Festarolas de Familia, são sempre boas.
  7. Ter a oportunidade de saber apreciar todos os seres de luz, sendo grata pela presença e aprendizagem que tenho vindo a ter.
  8. O meu momento de Reiki
  9. Adoro ler para aprender...
  10. Ouvir música e viajar num Mundo só meu...
  11. Ver tudo organizado ( mas confesso que para organizar...vai lá, vai...heheh)
  12. Estar presente no meu blogue.
  13. O meu blogue faz-me feliz.
  14. Cantar.
  15. Pesquisar na internet, horas e horas, e horas...
  16. Ajudar o  próximo.
  17. Ser quem sou.
  18. Ser Mamã Zen, Mamã com Estilo...
  19. Adoro comer doces, apesar que depois o arrependimento vem atrás...ahahahha
  20. Estar NOIVA...
  21. Festejar o meu aniversário no mesmo dia que o meu "Noivo-Marido" hehehehe
  22. Saber que todos os dias quando acordo, todos os que amo acordam para mais um dia todos juntos, apesar de que ás vezes possa-se fazer sentir a distância física.
  23. Comer Fatias Douradas
  24. Ser Mamã...
  25. Ser Mulher...
  26. Momento "Zen"
  27. Mimar-me
  28. Ter 28 anos de experiência....ahahahah

Pronto, aqui fica a minha tag: "What makes me happy...", espero que gostem...

Obrigada Camellia pela nomeação, e desculpa a demora pela resposta.

 

Os blogues que nomei-o são:

 

entre_tanto

mind-whereismymind

ocantodapetrolina

derepentejanos40

justmom

just_smiiile

meandmyboymarisad_fernandes

 

Vamos lá meninas, fico à espera...

 

 Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..."

 

Primeiro aninho de vida, primeiro aninho de Mamã...

Olá a todos...hoje vou dar continuidade ao post de ontem... hehe

Pois se ontem comemorava um dos dias mais importantes da minha vida, hoje então é o dia mais importante da minha vida. Tenho a certeza que todos os anos vou recordar esta história com muito amor e carinho, com a certeza que um dia poderei partilha-la com a minha Borboletinha.

 

No ultimo post, fiquei pela a entrada na sala de partos pelas 3 da manhã...

 

Pois é...lá fui eu. E foi ai que posso dizer que talvez, por ter ido andando até á sala de partos acelerou as contracções.

 

Não vos cheguei a dizer no anterior post, mas eu desde que entrei na urgência disse a todos os técnicos: "Assim que possível, quero a EPIDURAL" ahahahah

Acho que só faltava levar um letreiro, para que todos vissem e não esquecessem das minhas palavras ahahahah

 

Assim que fui para a sala de partos, já tinha três dedos de dilatação, já podia ter a epidural. Realizaram o meu pedido, o meu desejo. hehehe

Então recordo-me de prepararem a sala, e tudo para darem-me a epidural, mas antes de administrarem-nos a epidural nós temos que assinar um termo de responsabilidade. A enfermeira, que por sua vez também se chamava Soraia disse-me: "Leia e assine SFF" , e eu muito pronta: "Onde é que eu tenho que assinar?" ahahaha Eu não queria saber de mais nada, queria é que dessem a epidural. Não era pela dor que sentia, mas talvez pelo medo da dor que poderia sentir mais tarde.

 

O certo é que deram-me a epidural, e qualquer moinha que tinha desapareceu...eu podia dormir, mas ansiedade não deixava...

 

Perto das 7 da manhã, eu recordo-me de ter uma enorme vontade de fazer força, mas uma forçaaaaa, meu Deus...

Eu dizia à enfermeira (outra enfermeira, pois já tinham trocado o turno) e ela dizia que não, era impossível, porque afinal eu só tinha 4 dedos de dilatação...e assim fiquei mais uma hora com a sensação de fazer força.

 

Entrou outro turno, e outra enfermeira foi ver o meu estado...a verdade é que já tinha 8 dedos de dilatação, prepararam tudo para a minha Borboletinha nascer.

 

Chamaram os médicos, e assim iniciou-se o parto. 

Posso-vos dizer que no parto, "cortaram-me" a epidural, porque o Srº Doutor entendeu que eu tinha que sentir as dores do parto...claro que comecei a sentir dor, mas nada que não se aguente. Eu simplesmente estava aborrecida, e pedia por tudo que me mandassem para cesariana, porque já não tinha força e estava CHEIA DE FOME. (A Mamã com fome, é uma Diva ahahah)

Acho que nesse momento passa-nos tudo pela cabeça. Mas por fim, e sem muito esforço, e com ajuda da ventosa, a minha bebé nasceu as 9:06 h 

IMG_20140423_091412 (2).jpeg

 

 

Custou? Não, não custou...é simplesmente o momento. É mais a tensão, a ansiedade que nos rouba a calma que outra coisa. Eu só consigo pensar no bom que foi o meu parto. Graças a Deus e a todos os seres de luz que me acompanharam. Penso neste dias com muitas saudades...muitas mesmo, por isso não é assim tão mau como falam, não é um bicho-de-sete-cabeças como fazem, é simples e maravilhoso. Falo por mim, e pela minha primeira experiência.

 

Hoje comemoramos o primeiro aniversário.

O primeiro aniversário da Borboletinha, que comemora hoje 1 ano de vida.

E a Mamã comemora o primeiro ano de tarefa Mãe. É das tarefas mais compensatórias nas nossas vidas, acreditem.

Desejo à minha menina amor, saúde, sempre com o sorriso lindo que tens, que enche o coração de todos os que te rodeiam. Que o Papá do Céu acompanha-te sempre e possa sempre iluminar-te, como tu iluminas a nossa vida.

És alegria das nossas vidas meu Amor. Os Papás amam-te muito, e tens muita gente que te ama do fundo do coração. Graças a Deus.

 

 Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..." , hoje com mais emoção...

 

Há um ano atrás...o relógio TIC-TAC...

 

Xiiii...E há quase uma semaninha que por aqui não aparecia...não queria vir sem a remodelação do blog estar concluida, mas hoje comemoro um dos dias mais importantes da minha vida. E já vão perceber porquê.

 

Ainda acerca do blog, como veem, tem uma nova cara. E eu estou simplesmente a ADORAR.

É um passinho para o meu cantinho ficar mais jeitoso para mim e para todos vós. Ainda não está concluido, mas esperamos em breve, estar concluido.

Até agora, o que vocês acham? Deixem a vossa opnião, nos comentários. Vou gostar de receber o vosso feedback.

 

Agora vamos à comemoração.

 

 

Hoje faz um ano, que por esta hora (mais ou menos 20:00) estava a caminho do Hospital. Por o melhor motivo do Mundo.

40 semanas e 3 dias, e o relógio no TIC-TAC, TIC-TAC.

Eu, Soraia, a Mamã mais Medricas à face da Terra, estava à beira de entrar naquele momento que muitas Mamãs consideram horrores, considerando as inúmeras histórias de parto, que felizmente ou infelizmente contaram-me durante a minha gestação.

 

Felizmente, porque hoje posso dizer, que NÃO, PARIR (o termo chocante, mas o mais correto) não é o filme de terror que nos pintam. E só posso dizer isto, pelas histórias que passavam por mim. E infelizmente, porque não há pior para uma gestante, ouvir histórias menos boas sobre PARTOS. Alimenta medos, torna-nos inseguras, e por sua vez ansiedade para a Mamã e principalmente para o bebé.

 

A caminho do Hospital, ainda a uma hora de caminho, estava com contrações irregulares, com algum desconforto, mas contudo, bem.

Cheguei, fiz a ficha, no fim de algum tempo, chamaram-me. Fizeram os procedimentos normais. CTG e Toque. Onde a equipa de médicas concluiram que realmente as contrações existiam, mas ao contrário, não existia dilatação.

 

(Um aparte, eu na noite anterior já tinha estado no Hospital, com contrações regulares, mas desta vez sem dor. No entanto como as contrações eram de 10 em 10 minutos e eu moro longe do Hospital, dirigi-me um pouco em vão, porque mandaram-me para casa. Sendo que às 5 da manhã, começou as dorezinhas, as moinhas, e acreditem, eu aguentei o dia todo as moinhas, só porque como era Mamã de Primeira Viagem, eu não sabia na realidade o que se sentia. Ahahaha E só fui para o Hospital, porque liguei para a Enfermeira Parteira do Curso de Preparação para o Parto e ela disse: “Tem dores, não são contrações regulares, mas já passa do suposto tempo, vá para o Hospital”. E lá fui eu...)

 

Quando uma das médicas estava a fazer o toque, ela perguntou-me de onde vinha, eu respondi, ela disse “Ui vem de longe, e assim já não pode estar...vamos lá dar aqui um jeitinho há coisa...”.

Digo-vos foi das equipas mais maravilhosas que tive naquele hospital. Cinco estrelas.

“O jeitinho à coisa...” resume-se no descolamento de membranas. Doeu? Não, não doeu, e falo-vos muito asério, a mim não doeu, é apenas um desconforto, nada mais. Salientando que vos escreve a Mamã mais medricas da face da Terra. Hehehe

 

Com a conversa e o jeitinho, fiquei com contrações e dois dedos de dilatação, o que justificava o meu internamento. Eram (mais ou menos) 23 horas e estava eu a dar finalmente entrada no internamento.

 

Ainda dentro da sala de urgência, fizeram os procedimentos necessários, e lá fui eu avisar o "Noivo-Marido" que ficava internada...

 

Instalámo-nos no "hotel", e mandaram o Papá para o casa. Mal o Papá chega a casa, já estava a Mamã a ligar para voltar para o Hospital, pois eram 3 da manhã, e ia dar entrada na sala de partos.

A dilação foi rápida e são dores que se aguenta perfeitamente, pelo menos falo por mim. Confiei muito na equipa, eu posso dizer que entreguei-me nas mãos da equipa, só isso ajuda muito as Mamãs. Eles estão ali e sabem o fazem, estão para nos ajudar. 

Durante a dilatação, por indicação do enfermeiro fui para baixo do chuveiro com a água quentinha. Acreditem que ajuda a superar a contração e acelera a dilatação. É uma boa dica.

Depois disso romperam-me as águas, que não dói NADA. Parece apenas que levamos com água quente pernas abaixo. ahahah Foi ai, depois de romperem me as águas que fui para a sala de partos...

Mais não conto, fica para amanhã hehehe

 

Acreditem que hoje vivo tudo com muitas saudades, e é muito bom poder partilhar convosco a minha experiência.

Se digo que tenho saudades, é porque não foi assim tão mau, não acham? heheheh

 

Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..." e até amanhã...

 

 

 

 

Refeições e Dentinhos, uma loucura para as Mamãs...

 

Estou a ficar doidinha com as refeições da minha Borboleta. 

A minha Borboleta está prestes a completar 1 aninho. Nesta fase é suposto começarmos a dar mais alimentos sólidos, a verdade é que nem sólidos, nem liquidos. Nada.

Sempre fui uma Mamã descontraida no aspeto da alimentação, pois tento ser o mais compreensivel para com ela, visto que há dias que nós estamos menos bem, também ela tem direito de ter esses seus dias.

A Borboleta é (ou era) até há 3 semanas atrás de boa boca, no entanto, desse tempo para cá deixou de comer. As suas refeições passam por leite, e papa no biberon.

A primeira semana, relax, pois pode ser uma fase dos dentes...já que tudo nas crianças resume-se a dentes.

Cada vez que está para nascer dentinhos, ela leva uma semana a basear se no leite, e na papa no biberon, o resto é uma birra. 

Passam duas, passam três semanas? Já começo a pensar...

Voltamos à etapa Nº1, introdução de alimentos novos. 

Hoje no meio da brincadeira, vi mais dois ratões a caminho.

Maganos, dos ratões que dão chatices à minha menina.

Só espero que dentro de um par de dias volte a sua fome pela sopa, pelo os iogurtes, por tudo...porque se não fico louca a pensar o que inventar para conseguir manter as refeições saudáveis da minha bébé.

Ufa...desabafo de Mamã...

Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..."

 

 

 

 

Gratidão pela vida...

Olá a todos...

Tenho andado desaparecida, sem tempo para o blog  ...mas aqui estou eu de novo. 

Hoje, novamente segunda-feira, inicio de semana, e graças a Deus, super entusiasmada, feliz, em paz e harmonia. 

Se há dias que devemos agradecer por tudo, hoje é um dia deles...11113578_741558949289270_774508423048433410_n.png

Hoje estou imensamente grata pela vida que tenho, pelas pessoas que me acompanham, pela paz e o amor que padece em meu coração. 

Nem sempre damos conta do quão valioza é a nossa vida, tão rica de coisas boas que ela é, mas hoje acordei com a certeza que sou imensamente rica. Pela filha maravilhosa que tenho, o "Namarido"-Anjo que tenho ao meu lado, por tudo, tudo o que existe no meu "sonho".

Tu que estás nesse lado, agradece...hoje acordas te, só por isso já és rico, e com oportunidades maravilhosas para fazer a vida sorrir-te, todos os dias da tua vida.

Grata por tudo que me têm proporcionado, por tudo o que a vida me tem dado, sem as minhas experiências, eu não seria quem sou hoje.

 

 

Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..."

2#Review: Produtos La Roche-Posay

Olá a todos.

Hoje venho apresentar uns produtinhos da La Roche-Posay, que foram me enviados pela My Pure Care (Parafarmácia Online), para eu testar. 

Eu não falo de nenhum produto sem testar primeiro, pois tenho que saber o que é realmente o produto para vos dizer.

My Pure Care, enviou me 3 produtos da La Roche-Posay

Vou começar por falar do gel de banho da La Roche-Posay da gama Lypikar Syndet.

20150405_223926.jpg

A foto acima, é apenas de uma amostra. Podem encontrar, aqui , para venda, em embalagem de 400 ml. 

Este produto é indicado especialmente para peles secas, sensiveis e com tendência a atópica. Posso vos dizer que tenho pele seca, achei de facto um gel de banho muito hidratante. Ficamos com a sensação de pele limpa e hidratada. Não contem na sua fórmula sabão, parabenos e perfume, no entanto, na minha opnião existe um suave e agradável aroma pela própria constituição do produto.

É um produto que recomendo, e concerteza que fará parte da minha lista de favoritos de gel de banho.

 

Outro produto da  La Roche-Posay, foi da gama Effaclar.

20150405_223949.jpg

 O mesmo também é uma amostra, mas podem encontrar aqui, embalagem de 200ml.

Este produto, para mim faria mais sentido utilizá-lo em dias quentes. Isto porque? Porque depois de ser Mamã a minha pele do rosto virou um pouco seca durante as épocas de frio, e mais oleosa durante épocas de calor. Usei mas, como de momento não tenho pele oleosa não consigo vos dar uma opnião relativamente coerente sobre ele. Guardei o produtinho para os dias mais quentes. Assim, mais tarde poderei-vos fazer review do produto.

 

E por fim, também da La Roche-Posay, da gama Effaclar Duo, um creme de rosto.

20150405_223933.jpg

Também a embalagem da foto acima é uma amostra, mas poderão encontrar, aqui, o produto à venda.

Apesar de neste momento estar com a pele com tendência a seca, utilizei, e adorei. Isto porque? Eu não sei bem se acontece com outras pessoas que tem peles oleosas, mas como eu já tive muito oleosa, não gosto de ver e sentir brilho no rosto. Gosto do efeito matte que dá à pele, e hidratação. Espalha se bem no rosto, tem uma textura muito agradável, dá nos a sensação de hidratação, pele cómoda.

A amostra não é muito grande mas deu para testar 3 vezes, porque o creme flui bastante bem.

Uma das vezes apliquei apenas o creme e deixei estar o resto do dia.

A segunda vez apliquei o creme, deixei secar e apliquei a minha base de maquilhagem habitual. Posso dizer que a combinação é perfeita entre o creme e base de maquilhagem.

No entanto, na terceira vez, utilizei o creme e logo de seguida apliquei apenas base em pó, para uma cobertura mais suave. DIVINAL. Não é fácil encontrar um creme que consiga adequar se à maquilhagem, mas este passou nos testes. 

La Roche-Posay, promete com o creme da gama Effaclar Duo, diminuir as imperfeições, desincrusta os poros e evita o aparecimento de marcas. Ideal para peles com tendência acneica.

Espero que tenham gostado do Review destes produtinhos, qualquer dúvida podem sempre deixar nos comentários, se conseguir responder às questões terei todo o gosto.

Visitem My Pure Care, lá poderão encontrar muitos produtos de belezas e não só. Tem produtinhos também para os mais pequenos. E podem encontrar sempre ótimos descontos.

Já agora, Parabéns a minha parceira, parafarmácia online,  My Pure Care, que completa 2 aninhos.

Grata por tudo que me tem proporcionado.

Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..."

 

 

Segunda-feira, toca a aproveitar a semana...

Bom dia...com muita alegria 

E hoje é segunda-feira...inicio de semana.

Ótimo para planearmos a nossa semana, para que ao fim da semana vejamos o tanto que conseguimos fazer.

 

Por aqui já está planeada...vamos lá ver se conseguimos fazer tudo certinho. 

O bom do planeamento é que podemos organizar-nos melhor e focarmo-nos nos nossos objetivos sem nos dispersar. 

Experimenta, pegar numa folha, e escrever as tarefas que tencionas fazer durante o dia. Consoante vais realizando as tarefas, assina-las na tua folha, como tarefa realizada. Vais ver que ao final do dia sentes te realizado, sem a sensação: "Estou cansada/o, e não fiz nada..." , porque afinal nem deste conta, mas realizastes imensas tarefas. Com sorte ainda sobra tempinho para descansar.

Este é um hábito que já tenho algum tempo, e que sinto-me satisfeita, pois percebo o que o dia "rendeu". 

Planei-o, organizo-me e tudo flui...

Desde agora, deixo-vos um até já...

Foi só um miminho para começar a semana, venho daqui a pouco com mais um post...

Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..."

 

 

Pág. 1/2