Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mamã Zen, Mamã com estilo...

O blogue que retrata da vida de uma mulher após maternidade. Entre biberões e batons, um mundo cheio de descobertas ao estilo Zen.

Mamã Zen, Mamã com estilo...

O blogue que retrata da vida de uma mulher após maternidade. Entre biberões e batons, um mundo cheio de descobertas ao estilo Zen.

Quem disse que casar era fácil??? - Ep.1

 

Não, e não estou a falar da parte de encontrar o Principe perfeito, porque esse GRAÇAS A DEUS já o tenho, falo mesmo na organização do casamento.

 

Papéis aqui, papéis aculá...Ufaaaa, não é fácil.

 

Para não dizer o dinheiro que custa, simplesmente CASAR. A dita "papelada" do registo civil é uma "Pipa de Massa".

 

Como já perceberam, no fim de alguns anos a viver em união de fato, vamos finalmente CASAR. Estou noiva, estou muito feliz, porque era de fato algo que tinhamos em mente. "Um dia vamos casar", e chegou o momento.

 

Como não é segredo nenhum, e é um ato natural e comum nas nossas vidas, venho partilhar as peripécias que vão acontecendo com o momento tão especial.

 

Hoje foi dia de registo civil.

 

Lá fomos nós feitos pimpões, chegámos ao registo, e como vivemos no meio em que meio Mundo se conhece, virei me para a senhora do balcão e disse em tom de brincadeira: "Viemos casar".

 

Assim começamos o processo da papelada mais importante da cerimónia.

 

A senhora pediu nossos cartões de cidadão, perguntou qual a data do casamento e qual o tipo de regime que queriamos casar. Mas antes que respondessemos, ela explicou os tipos de regime existentes (que suponho que é de conhecimento de todos, por isso não vou mencionar todos).

 

Meu Deus, e ai vem o momento do dia...

 

O Sr. Meu Namarido / Futuro Marido, depois da explicação respondeu: "Ahhh, casamos por COMUNHÃO GERAL..." e eu concordei, visto que vivemos há tantos anos juntos, já temos um par de coisitas em comum. (ahahahah)

 

Mas a Senhora continou, então querem casar em comunhão geral, o que é de um passa a ser do outro e vice-versa, mas....

 

E nós no "masss...."

 

"Mas, para ser comunhão geral, tem uma taxa acrescida de 100€." 

 

Pronto, acabou-se a Comunhão Geral.

 

O Sr. Meu Namarido / Futuro Marido teve um súbito salto de consciência e disse: "Atão não quero, pode ser mesmo Comunhão de adquiridos..." Isto saltou-lhe da boca tão breve quanto possível.

 

Rimos tanto, mas tanto...não têm ideia.

 

Mas continuando, e agora numa vertente mais séria.

 

O documento normal, para casar tem cum custo de 120 € , e se casarmos em comunhão geral é mais 100 €. Será que é só na minha cabeça ou isto não tem cabimento? 

 

Já por si, 120€ é mesmo muito para emitir um documento, quanto mais 220€.

 

Parece que anda meio mundo a chular outro meio mundo...desculpem o termo, mas foi o que sentimos. 

 

De fato por ser algo tão importante e especial, como é para nós, acredito que tantos como nós, CASEM, esquecendo a parte monetária que o Estado leva de nós.

 

Agora estamos em preparativos intensivos, pois falta mesmo muito pouco tempo.

 

Será também o batizmo da nossa flor.

 

E será de certo um dia muito mas muito  especial.

 

Agora os outros episódios do "Quem disse que casar era fácil?" ficam para breve...aqui fica o primeiro.

 

 

Beijinhos muitos, muitos com imensa gratidão da Mamã Zen, Mamã com estilo...

 

Dicas de Organização para uma Mamã Dona de Casa

Gerir tempo é coisa que para uma Mamã, semi-dona de casa (sim, "semi" porque graças a Deus tenho alguém com quem repartir as tarefas da casa) e trabalhadora, não é nada facil.

 

 

Mesmo que as tarefas da casa sejam repartidas, ser Mamã é a tempo inteiro, sem amas e infantários,  e  trabalhadora apartir de casa, desafia-me a estudar, aprender e gerir o TEMPO.

 

É engraçado como muitas das pessoas acham que por trabalharmos apartir de casa acham que é fácil. A verdade é que não é. Gerir horários, em função das nossas funções de Mulher titulada como Mãe e dona de casa, não é tarefa fácil.

 

Há algum tempo desafiei-me a criar uma "espécie" de horário diário, ou tópicos diários com objetivos que consegui que funcioná-se comigo, sendo mais objetiva, sem me perder no espaço e no tempo.

 

É por isso que venho aqui tentar partilhar convosco esta minha "ideia" ( a verdade é que há mil e uma mulheres a aplicar), mas para as mais "desorientadas" como eu, aqui vai uma dicas.

 

 

 

 

 

  1. Para aquelas Mamãs que esperam até ao último momento para poder fazer o almoço ou jantar, e chega a hora e não sabe o que fazer, é criar uma "Ementa Semanal". Resulta imenso, porque poupamos tempo, chatices, e desconfortos por faltar o tal ingrediente chave para elaborar a refeição. Agendar as refeições atempadamente, faz-nos criar uma listinha de compras, que podemos fazer uma vez por semana, sem ter que ir constatemente ao supermercado.
  2. A segunda ideia, para as Mamãs que trabalham fora de casa, é programar as tarefas que conseguem fazer pela manhã, e pela tarde, ao chegar do trabalho. Normalmente, pela manhã poderás deixar as camas prontas, para não chegar do trabalho, e ter a sensação que passou um furação pela casa a dentro. Camas arrumadas, dá um ar mais "clean" ao nosso lar. Pela noite, podemos, por exemplo, escolher a nossa roupa e dos nossos filhos para o dia seguinte.
  3. Queres o fim-de-semana para disfrutares da tua familia? Então outra dica é durante a semana, dia sim dia não, verificares o teu cesto de roupa suja, poderás assim agendar os teus dias para lavar a roupa. Exemplo: Roupa de cores - 2º Feira; Roupa escura- 4º Feira; Roupa branca - 6º Feira. Poderás também agendar intercaladamente as mudas de roupa de cama. Concerteza que ajudará imenso sem te perderes.
  4. Quanto ás limpezas de casa, espero que possam ter a colaboração do vosso mais que tudo, isso sim é divinal. Mas mesmo não tendo, podem também agendar diárimente por secções. Exemplo: 2º Feira- Secção de Lazer, 3º Feira - Zona de descanso, 4º Feira - WC's, 5º Feira - Cozinha e 6º Feira, sendo que provavelmente terão o fim de semana de descanso, dar uma generalizada leve por toda a casa.

Não sei se estas dicas ajudam, mas espero que sim. Tento ao diário exercitar para que resultem comigo. Parece muito trabalho, mas contudo, dividido acredita que é bem mais fácil.

 

Não coloquem demasiadas tarefas nas vossas agendas, porque podem não conseguir concluir, e pode levar a uma frustação indesejada contigo própria. Faz somente, o que sabes que realmente vais conseguir fazer de forma organizada e positiva.

 

Revê todas as tuas tarefas e ementa semanal ao Domingo. Sentirás uma paz diária, por teres meio caminho elaborado.

 

Espero que tenham gostado.

 

Aceitam-se dicas. É so deixares aqui abaixo, nos comentários.

 

Beijinhos muitos, muitos com imensa gratidão da Mamã Zen, Mamã com estilo...

 

 

 

 

 

 

 

10 coisas que mudam depois de ser Mamã

Pois é...depois de ser Mamã, nasce sempre uma segunda Mulher, que prodomina a primeira. 

 

 

 

1- A Mamã passou a dar importância extrema à sua cria, por vezes parece que não existe mais ninguém no Mundo, mas ser Mãe tem dessas coisas. Paciência.

 

2- A Mamã gosta de ser Mãe em primeira pessoa, sem ninguém a dizer o que tem que fazer. Cada um sabe a melhor forma de cuidar o seu bebé. O que é perfeito para ti, pode não ser perfeito para mim, e vice-versa. Nada melhor que a nossa própria experiência para fazer de nós uma verdadeira Super-Mamã dos nossos filhotes.

 

3- O sono de um bebé é muito importante para o seu crescimento e desenvolvimento. NADA DE INTERROMPER.

A Mamã não gosta, e por sua vez o bebé também não. É tudo uma questão de respeito por ambos.

 

4- Desculpa se não atendo a chamada, ou não respondo à mensagem a tempo, o meu telemóvel passou a ter o silêncio, como única opção de toque. Ou não vejo, ou poderei estar demasiada ocupada na tarefa de Mamã.

 

5- Quando saiu à rua posso não estar uma super modelo, mas de certeza que estou uma SUPER-MAMÃ. O verniz, maquilhagem, e roupa bonita, fica para quando há tempo, por isso não te assustes.

 

6- Antes eu podia ir onde queria , até às horas que queria. Hoje escolho SEMPRE a companhia da minha filha, sendo ela a minha prioridade, e quem faz minha agenda. Não te chateies por eu ser melhor Mamã do que melhor amiga, mas ela marcou a minha agenda por 24 horas, 365 dias ao ano.

 

7- Almoçares, jantares, lanchares comigo agora é a três vozes. Por vezes, a terceira voz, grita, ralha, chora, esperneia, interrompe a conversa pela atenção, mas prometo, que vai ser sempre um encontro diferente e animado.

 

8- O meu carro passou a ser um centro infantil, onde podes encontrar de tudo um pouco. Fraldas, toalhitas, brinquedos...Cuidado onde pões os pés!!!

 

9- Ahhh não esquecendo, que a minha mala, virou uma casa ambulante, lá podes encontrar de tudo um pouco. Mesmo que a minha filha não esteja de momento comigo, de certo que vais encontrar um brinquedo perdido dentro da minha mala de mão. Podes brincar, eu deixo!

 

10- Desculpa, mas agora sou Mamã. A minha vida deu um giro de 180º, e já não sou somente uma mulher, amiga...agora tenho titulo. Sou MÃE.

 

Esta é a minha realidade, e a tua? 

 

Beijinhos muitos, muitos com imensa gratidão da Mamã Zen, Mamã com estilo...

 

 

 

Obrigada aos mais de 4000...

Sei que há muito a crescer, sei que há muito a melhorar, sei que há muito mais de mim para dar, mas a verdade é que sem vocês eu não tinha tanta vontade de fazer mais e melhor, porque todos somos um apoio, com todo o amor do Universo.

 

Obrigada de coração, por todos os que estão presentes aqui e na página Oficial do blog, no Facebook, Mamã Zen, Mamã com estilo...

 

 

Obrigada por sermos tantos, obrigada por sermos mais de 4000. Hoje acordei muito feliz quando vi a nossa página Mamã Zen, Mamã com estilo...

 

Beijinhos muitos, muitos com imensa gratidão da Mamã Zen, Mamã com estilo...

 

 

 

4#TAG: De tudo um pouco...

As autoras dos blogues Camellia e As nossas voltas nomeram-me para mais um desafio. Confesso que já anda pendurado aqui há um tempinho. Como outras Tag's futuras que irei responder, brevemente.

 

Então a TAG: De tudo um pouco, consiste em:

 

- Responder às 11 perguntas;

- Indicar 11 blogs para responder à Tag;

- Colocar o selo da Tag;

- Colocar o link de quem te indicou.

 

Então aqui vai...

 

 

 

 

1. Qual o seu estilo de música preferido?

Xiiii...eu gosto de tudo um pouco, incluindo "Pimba". 

Tem muito a ver com os sons, a letra, o estado de espírito.

 

2. Que peça de roupa é a sua preferida do momento?

Camisa de ganga, ADOROOOOOOOOO

 

3. Qual dos seus vernizes são mais divos?

Cor-de-Rosa

 

4. Shorts ou saia, e porquê?

Adoro os dois, mas uma saia, é sempre uma saia.

 

5. Cabelo liso ou encaracolado?

O meu cabelo é um pouco encaracolado, tel alturas, fases, mas pricipalmente desde que fui Mamã, o meu cabelo decidiu por definitivo ser encaracolado. Confesso que gosto dos dois. Não tenho um que menos gosto. Liso dá trabalho, porque tenho que esticar...e tenho um cabeleira que só Deus sabe. Encaracolado, usando uns produtinhos certos, tá sempre bom, mais que não seja, DESCABELADA. heheheh

 

6. Salto ou Sapatilha?

Adoro SALTOS, mas não é nada prático quando se tem crianças...não queiram ver a minha colecção encostada na sapateira.

 

7. Brigadeiro ou sorvete?

Opa...Brigadeiro, ui adoro, adoro, adoro.

 

8. Doce ou Salgado?

Gosto dos dois, mas perco-me por uma boa sobremesa, logo, DOCE.

 

9. Como você define seu estilo?

ahahaah Acho que não tenho estilo, sou de tudo um pouco. É o que me apetece e me sinto bem.

  

10. Você é do tipo de mulher consumista ou só compra o básico?

Já fui mais consumista, depois houve uma fase que aprendi que tinha que me conter e controlar a minha ansiedade por comprar porque simplesmente gostava. Sim, porque só gostar não é válido, pois comprar só porque gostamos é sinal que vai ficar no armário. Hoje em dia tento perceber se será útil para o meu dia a dia.

Já estou numa de mais o básico.

 

11. Você se considera vaidosa? 

SIMMMMMMMMM, muito, ás vezes falta-me é paciência.

 

E os blogues que nomeio são:

Derrepente já nos 40

Me and My Boy

just_smiiile

Cheirinho a Estrela

marisad_fernandes

Tudo do Avesso

O Canto da Petrolina

Just Mom

Princesa sem Tiara

Nada acontece por acaso

mamacuriosamariada

 

E pronto, aqui está as minhas nomeações...

Aceitem o desafio, é bom conhecermo-nos um pouco mais de cada autor dos blogues.

 

Espero que tenham gostado, e obrigada meninas pela nomeação.

 

Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..." .

 

 

A minha prenda do dia da Mãe: O Pai escreveu no blog da Mamã...

Hoje deixo-vos com dois posts, sendo este segundo a prenda que recebi do Papá da minha filhota, de forma a mostrar o que sou todos os dias na vida dos dois Amores da minha vida.

Aqui vos deixo o que o Papá escreveu no meu blogue, de forma a homenagiar este dia tão falado sobre o ser "MÃE".

Obrigada Mor...ADOREI. Amo-te muito.

 

 

Hoje dia 3 de Maio de 2015 e o teu segundo ano de ser MÃE.

 Uma mãe muito babada pela nossa Borboleta linda. Cada dia que passa tentas sempre superar o anterior querendo dar o máximo de ti como mãe, mas não só como mãe mas também como esposa. Como tu, não há nenhuma, pois és única tanto para mim como para a nossa Borboleta. És a Mulher das nossas vidas.

Para mim uma esposa muito paciente, sendo eu, um marido um pouco chato, mas que te ama muito assim como tu és. Meiga, carinhosa, compreensiva, um pouco teimosa, sempre preocupada com os outros, batalhadora, e muito objectiva… resumindo és a mulher que eu amo para todo o sempre e mais além.

Como mãe da Borboletinha linda que temos, nem sei que diga, se tinhas duvidas como seria ser mãe, não as demonstraste desde o primeiro dia que ela nasceu. Parece que algo dentro de ti nasceu quando ela nasceu, pois para ti tudo pareceu natural desde o primeiro dia.

É maravilhoso olhar para vocês as duas.

Se tu tens duvidas se és boa Mãe, pois eu não tenho duvidas nenhumas que és a melhor Mãe do Mundo que a nossa Borboleta podia ter, pois mesmo o dia começar tão cedo para ti entre ser Mãe, trabalho, cuidar da casa e tudo mais tens sempre a alegria contigo para cuidar da nossa filhota linda.

Talvez a melhor terapia para ti própria seja estar com ela, pois uma se completa a outra. E  se eu não as imaginar uma sem a outra muito menos tu, Mãe galinha que tudo faz para cuidar de seu rebento e não dá lugar ao  cansaço.

Obrigado por seres a melhor mulher do mundo e a extraordinária MÃE que és, pois contigo sei que nossa filha terá tudo que necessita para crescer e se tornar uma mulher dedicada como sua Mãe o é!! Vos Amooooooooooooooooooo.

 

 

E hoje é o dia da Mãe...

Hoje é o dia da Mãe.

 

 

Obrigado Mãe por tudo o que sou hoje, e por todos os dias venceres batalhas para fazeres de mim uma "princesa".

Hoje sou Mãe, e espero que um dia a minha filha possa sentir o orgulho que eu sinto por ti.

Hoje sou Mãe, e sei dar valor aos 9 meses carregados na barriga, há dor para me dares vida, às noites mal dormidas a pensar no melhor para nós, filhos, a seres a Heroína que és todos os dias.

Amo-te Mãe.

 

(Sei que não vives na blogosfera, mas também sei e tenho a certeza que demonstro, e tu sabes o Amor que tenho por ti, Mãe.)

 

Ati, sogra, que deste lugar à minha segunda Mãe, obrigada por tudo o que me tens dado, o apoio, o carinho, a compreensão, o Amor...nunca me esquecerei dos passos, e das mãos estendidas, sempre quando nós precisamos estão lá.

 

(A sogra faz parte da blogosfera, mas ela sabe também e faço questão de mostrar pelas minhas atitudes o quanto a Amo todos os dias)

 

A ti filha...

Obrigada por fazeres de mim a Mamã mais babada do Mundo.

Todos os dias tento ser o melhor para ti...e juntas, eu sei que vou aprender todos os dias, a ser uma Mãe melhor.

Porque todos os dias aprendemos, coisas diferentes, e o mais importante é que me ensinas a ser quem sou sempre unidas.

Amo-te Filha...

 

As estas três "mulheres" (uma ainda bebé), obrigada por fazerem parte do meu sonho, do meu Mundo, e do meu Universo.

 

Feliz dia Mamãs.

 

Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..." .

 

 

A maternidade como uma oportunidade de realinhamento profissional

Há coisa e coisas. Coisas que não sabemos explicar, mas que passam no nosso caminho com o sentido de nos deixar uma mensagem. 

Digo isto, e para que vocês consigam perceber o que estou a falar, vou vos contar a minha situação presente.

 

Neste momento a minha bebé tem 12 meses, e sou imensamente grata por poder ser eu a tomar conta dela todo este tempo. Graças a Deus a minha vida assim trilhou para que eu própria pudesse cuidar 24 horas, sobre 24 horas, sem ter que levá-la para o infantário.

 

Quando ainda era gestante, eu tinha tudo muito definido na minha cabeça. Por minha concordância e do Papá, tinhamos, proposto colocar a bebé, mais ou menos aos 8 meses, no infantário. Pensávamos na parte cognitiva da bebé, no beneficio que podia ser para ela e para o seu desenvolvimento, não sabiamos é que depois dela nascer, e com o passar do tempo o coração de Mamã, fica menos prodisposto a partilhá-la com o desconhecido. Acho que nos tornamos um pouco egoistas e egocêntricas, pensamos no bebé sim, mas pensamos na dor que nos causa ver os nossos rebentinhos nas mãos dos outros que mal conhecemos. Será que fica bem? Será que sofre pela minha ausência? Será, será, será.....? E assim continuamos.

Como já mencionei, eu sou grata por ter oportunidade de ser eu a cuidar da minha filha a tempo inteiro, outros nem sequer têm essa opção, simplesmente têm que colocar nos infantários, ou contratar alguém para cuidar dos seus filhos, porque têm que trabalhar fora de casa.

 

Eu continuo com a mesma oportunidade de poder continuar a ser EU, a cuidar da nossa bebé, mas a verdade é que também trabalho, apartir de casa. Também sou, no melhor que posso, dona de casa. Também sou, o melhor que até agora consigo, e que a maternidade deu-me oportunidade de ser, blogguer. E sobretudo, sou Mamã.

Sou tanto numa só pessoa, que por vezes sinto que cheguei ao fim do dia, e perdi-me no meio de tanta "profissão", principalmente na mais gratificante de ser Mamã.

E as horas passam, e o dia passou, e qualquer coisa ficou por fazer. E eu, reclamo em voz alta, mas comigo mesmo, porque deixei tarefas para trás.

 

A verdade, é que não somos super heroinas, ou somos. hehehe

Exigimos muito de nós. Por vezes não deviamos.

 

Voltando ás nossas ideias bem definidas, passou os 8, 9, 10 e por ai fora, meses, e não consigo ceder, render-me ao melhor momento para colocar a nossa bebé no infantário.

O Papá diz à Mamã: "Também precisas tempo para trabalhar....também precisas tempo para fazer as tuas coisas."

Eu sei que é verdade, mas dói, dói aqui dentro. Porque o tempo passa a voar, e eu não quero perder nada, que seja importante do melhor de mim, a minha Borboleta.

 

Eis que recebo um e-mail, e porventura, clico no seguimento de videos no Youtube, onde deparo-me com este video, que aqui vos deixo, tão direcionado à minha vida neste momento. Aos medos de quando descobrimos que estamos grávidas, ao medo do futuro, ao medo de avançar, ao medo de lutar pelos os sonhos, a tudo.

 

E ainda hoje, quando estava a olhar para ela, eu senti a gratidão de cuidar todos os dias dela, de fazer parte da  minha vida todos os minutos, até mesmo quando estou a trabalhar.

 

Eu tenho o projeto nas minhas mãos, eu tenho os meus sonhos comigo, e eu sou MÃE acima de tudo, mesmo quando partilho a minha filha, com alguém que sabe cuidar dela com respeito e dedicação.

Porque hoje, que sou Mamã, tudo o que faço é em prol do melhor para ela. Para uma vida melhor, um futuro melhor, para nós FAMÍLIA.

 

Aqui vos deixo um video inspirador.

A maternidade como uma oportunidade de realinhamento profissional

 

 

Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..." .

 

 

 

Primeiro aninho de vida, primeiro aninho de Mamã...

Olá a todos...hoje vou dar continuidade ao post de ontem... hehe

Pois se ontem comemorava um dos dias mais importantes da minha vida, hoje então é o dia mais importante da minha vida. Tenho a certeza que todos os anos vou recordar esta história com muito amor e carinho, com a certeza que um dia poderei partilha-la com a minha Borboletinha.

 

No ultimo post, fiquei pela a entrada na sala de partos pelas 3 da manhã...

 

Pois é...lá fui eu. E foi ai que posso dizer que talvez, por ter ido andando até á sala de partos acelerou as contracções.

 

Não vos cheguei a dizer no anterior post, mas eu desde que entrei na urgência disse a todos os técnicos: "Assim que possível, quero a EPIDURAL" ahahahah

Acho que só faltava levar um letreiro, para que todos vissem e não esquecessem das minhas palavras ahahahah

 

Assim que fui para a sala de partos, já tinha três dedos de dilatação, já podia ter a epidural. Realizaram o meu pedido, o meu desejo. hehehe

Então recordo-me de prepararem a sala, e tudo para darem-me a epidural, mas antes de administrarem-nos a epidural nós temos que assinar um termo de responsabilidade. A enfermeira, que por sua vez também se chamava Soraia disse-me: "Leia e assine SFF" , e eu muito pronta: "Onde é que eu tenho que assinar?" ahahaha Eu não queria saber de mais nada, queria é que dessem a epidural. Não era pela dor que sentia, mas talvez pelo medo da dor que poderia sentir mais tarde.

 

O certo é que deram-me a epidural, e qualquer moinha que tinha desapareceu...eu podia dormir, mas ansiedade não deixava...

 

Perto das 7 da manhã, eu recordo-me de ter uma enorme vontade de fazer força, mas uma forçaaaaa, meu Deus...

Eu dizia à enfermeira (outra enfermeira, pois já tinham trocado o turno) e ela dizia que não, era impossível, porque afinal eu só tinha 4 dedos de dilatação...e assim fiquei mais uma hora com a sensação de fazer força.

 

Entrou outro turno, e outra enfermeira foi ver o meu estado...a verdade é que já tinha 8 dedos de dilatação, prepararam tudo para a minha Borboletinha nascer.

 

Chamaram os médicos, e assim iniciou-se o parto. 

Posso-vos dizer que no parto, "cortaram-me" a epidural, porque o Srº Doutor entendeu que eu tinha que sentir as dores do parto...claro que comecei a sentir dor, mas nada que não se aguente. Eu simplesmente estava aborrecida, e pedia por tudo que me mandassem para cesariana, porque já não tinha força e estava CHEIA DE FOME. (A Mamã com fome, é uma Diva ahahah)

Acho que nesse momento passa-nos tudo pela cabeça. Mas por fim, e sem muito esforço, e com ajuda da ventosa, a minha bebé nasceu as 9:06 h 

IMG_20140423_091412 (2).jpeg

 

 

Custou? Não, não custou...é simplesmente o momento. É mais a tensão, a ansiedade que nos rouba a calma que outra coisa. Eu só consigo pensar no bom que foi o meu parto. Graças a Deus e a todos os seres de luz que me acompanharam. Penso neste dias com muitas saudades...muitas mesmo, por isso não é assim tão mau como falam, não é um bicho-de-sete-cabeças como fazem, é simples e maravilhoso. Falo por mim, e pela minha primeira experiência.

 

Hoje comemoramos o primeiro aniversário.

O primeiro aniversário da Borboletinha, que comemora hoje 1 ano de vida.

E a Mamã comemora o primeiro ano de tarefa Mãe. É das tarefas mais compensatórias nas nossas vidas, acreditem.

Desejo à minha menina amor, saúde, sempre com o sorriso lindo que tens, que enche o coração de todos os que te rodeiam. Que o Papá do Céu acompanha-te sempre e possa sempre iluminar-te, como tu iluminas a nossa vida.

És alegria das nossas vidas meu Amor. Os Papás amam-te muito, e tens muita gente que te ama do fundo do coração. Graças a Deus.

 

 Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..." , hoje com mais emoção...

 

Refeições e Dentinhos, uma loucura para as Mamãs...

 

Estou a ficar doidinha com as refeições da minha Borboleta. 

A minha Borboleta está prestes a completar 1 aninho. Nesta fase é suposto começarmos a dar mais alimentos sólidos, a verdade é que nem sólidos, nem liquidos. Nada.

Sempre fui uma Mamã descontraida no aspeto da alimentação, pois tento ser o mais compreensivel para com ela, visto que há dias que nós estamos menos bem, também ela tem direito de ter esses seus dias.

A Borboleta é (ou era) até há 3 semanas atrás de boa boca, no entanto, desse tempo para cá deixou de comer. As suas refeições passam por leite, e papa no biberon.

A primeira semana, relax, pois pode ser uma fase dos dentes...já que tudo nas crianças resume-se a dentes.

Cada vez que está para nascer dentinhos, ela leva uma semana a basear se no leite, e na papa no biberon, o resto é uma birra. 

Passam duas, passam três semanas? Já começo a pensar...

Voltamos à etapa Nº1, introdução de alimentos novos. 

Hoje no meio da brincadeira, vi mais dois ratões a caminho.

Maganos, dos ratões que dão chatices à minha menina.

Só espero que dentro de um par de dias volte a sua fome pela sopa, pelo os iogurtes, por tudo...porque se não fico louca a pensar o que inventar para conseguir manter as refeições saudáveis da minha bébé.

Ufa...desabafo de Mamã...

Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..."

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub