Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mamã Zen, Mamã com estilo...

O blogue que retrata da vida de uma mulher após maternidade. Entre biberões e batons, um mundo cheio de descobertas ao estilo Zen.

Oh Salvador...

Tanto se fala em Eurovisão nestes últimos dias.

 

Tanta indignação sobre a a música vencedora de 2018.

 

Mas alguém já parou para pensar o porque da cantora Netta Barzilai, de Israel, ter ganho a Eurovisão 2018, com a sua música "TOY", que é alvo de tanta critica?

 

transferir.jpg

 

 

Primeiro, todos temos uma opinião, para tudo na nossa vida. Somos livres para fazer dela o que queremos, e o Salvador também. Tal como eu, que estou aqui a expor a minha opinião.

A diferença entre eu e o Salvador, é que ele ganhou a Eurovisão 2017, tem uma tremenda exposição mundial, e deveria conter-se na forma como opina.

Cá eu, sou uma mera bloguer, que o utiliza o blogue em forma de "diário", expressando a minha opinião tendo em conta que tenho no mínimo 3 dedos de testa e sem publico alvo de tamanha dimensão.

 

Não sou fã, nem nunca fui, do Salvador, nem da música "Amar pelos dois", no entanto, e por imenso respeito, parabenizo pela vitória em 2017, onde conseguiu elevar Portugal a nível mundial. Não é para todos.

 

Não somos todos obrigados a gostar do mesmo, mas aquela palavra muito bonita que se chama "respeito" eu tenho para com os demais. Já o Salvador...

 

Oh Salvador.

 

Mas que lhe deu na cabeça para vir dias antes, numa entrevista ao Jornal Publico, com criticas tão desagradáveis com a cantora Netta Barzilai, e a sua música "TOY"?

 

Não gosta? Não se identifica? Tendo em conta a sua formação musical, não acha que seja uma boa candidata? Tudo bem. Mas vir dar uma de "eu é que sei", a "minha é boa, a tua não presta", Oiiii?!?!

 

Salvador, não devo ser a única pessoa, a não ser tua fã, mas tal como eu, aqueles que não gostam ou não se identificam com o teu género,  tiveram respeito e consideração pela tua conquista. 

Vires a publico com as tuas duras criticas , a dias antes da final da competição, veio gerar algum desagrado e compaixão nos restantes países. O que estavas a espera? A vitoria de Israel era quase certa...

Moral da história: Vamos lá ver se aprendes a respeitar todos por igual, independentemente das diversas opiniões e gostos.

Coitadas é das nossas concorrentes, Isaura e Cláudia, que apanharam por tabela. Elas não mereciam ficar em ultimo lugar. "Jardim" uma linda musica.

 

Resumidamente:  as tuas criticas desnecessárias  só mostraram a arrogância e falta de humildade que o prémio de 2017 te trouxe. E lá ganhou o "Toy" que tanto criticaste. Uma boa música ou não, não sei, mas parece-me que levaste uma lição, dada por os outros países. 

 

Para além de que ainda tiveste que estar cara a cara a engolir o "sapo" , e entregar-lhe o prémio, perante o Mundo inteiro.

 

Oh Salvador.

 

Desculpa o meu desagrado.

 

Com AMOR, de uma não fã tua.