Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mamã Zen, Mamã com estilo...

O blogue que retrata da vida de uma mulher após maternidade. Entre biberões e batons, um mundo cheio de descobertas ao estilo Zen.

Mamã Zen, Mamã com estilo...

O blogue que retrata da vida de uma mulher após maternidade. Entre biberões e batons, um mundo cheio de descobertas ao estilo Zen.

10 factos sobre mim na hora da refeição...

Podia ter sido pior. Podia....

 

Mas isto de estar há 3 dias "fechada em casa" com este tempo de cocó entre outras coisas impeditivas, não deu para mais. 

 

Estava eu a falar com o meu Marido sobre coisas / atitudes / manias estranhas que cada um de nós temos perante situações do dia-a-dia...

 

Aquelas menos improváveis de uma pessoa normal pensar, claro. Quando nos lembrámos das minhas...ahahahah

 

É que a realidade não é preciso ir buscar as dos outros, pois as minhas  já são estranhas e maníacas o suficientes  para rir um pouquinho.

 

original.jpg

 

 

Então entre nós dois, escrevemos 10 factos estranhos sobre mim na hora da refeição/comer.

 

(Depois deste momento realmente sinto que devo ser muito maníaca...ahaha)

 

Mas como não me quero achar a única maníaca da blogosfera, no fim vou nomear 10 blogues para convidar a partilhar connosco os factos estranhos de cada um perante a hora da refeição / comida.

 

Sou muito má, não sou?!?

 

Então aqui vai os meus 10 factos:

 

  1. Com fome?! Viro DIVAAAAAA...mas daquelas DIVAS que ninguém atura.
  2. Odeio ser interrompida na hora da refeição ( hora da refeição, hora sagrada)
  3. Detesto cruzamento de braços, por cima do meu prato quando estou a comer, para apanhar isto ou aquilo da mesa. 
  4. Não gosto de comer com os talheres dos outros
  5. Não gosto que insistem em provar algo que nunca degustei, e não tenciono degustar
  6. Deixo sempre 1/3 de leite/café/sumo no copo/caneca (mania desde pequena)
  7. Posso acordar ao meio dia, mas nunca são horas de almoçar sem tomar o pequeno almoço. ( Pequeno almoço até pode resumir-se à caneca de café com leite). Nem que almoce às 4 da tarde.
  8. Só tenho a sensação que tomei uma boa refeição se comer sentada, e principalmente à mesa.
  9. Apesar de saber cozinhar, há certas coisas que adoro fazer que não sei. É que feito pelos outros sabe sempre melhor, não sei ....(opsss a isto deve-se chamar preguiça ahahah) 
  10. E por fim, das mais GRRRRRR...Irrita-me os barulhinhos, ruidinhos insuportáveis e indesejados feitos pelos colegas de mesa.

 

Agora aqui vai os 10 blogues nomeados para o desafio dos 10 factos sobre mim na hora da refeição:

 

 

  1. dona pavlova
  2. Just Smile
  3. Camellia
  4. Me and my Boy
  5. Marisa Fernandes
  6. Just Mom
  7. A miuda
  8. As nossas voltas
  9. Princesa sem Tiara
  10. Bata e batom

 

Beijinhos a todas e divirtam-se nesta pequena reflexão hehehe

 

Mamã Zen, Mamã com estilo...

Tudo com peso e medida...

E hoje não há resumo do dia anterior...até porque ao terceiro dia, decidi que as coisas tinham que ser do meu jeito e não do jeito dos livros.

 

 

 

Estarmos focados em dietas, só nos faz pensar naquilo que NÃO podemos comer, do que própriamente pensar na qualidade daquilo que devemos realmente comer.

 

Chega de restrições. 

 

Não prescindo do lanche em familia, pois devido aos nossos trabalhos, os momentos à mesa, são dos poucos momentos que podemos aproveitar para estarmos todos juntos. É como fosse o reencontro de todos, ao fim de um dia de trabalho. E acreditem que limitar-me a lanches, deixava-me completamente frustrada.

 

Chega de dizer não há fruta. Aliás, ao dia de ontem, quando finalmente comi fruta, a minha barriga, como por magia começou a regular-se.

 

Acreditam que no fim de três dias sentia-me pior do que quando tinha começado? Pois é, sentia-me.

 

No entanto não estou a dizer com isto tudo que levou-me a desistência por completo. Não. Simplesmente, e acreditem que com estes três dias, e os livros que li consegui ter um maior conhecimento sobre o que realmente ingerimos. E ter noção do que devo comer, e não. Qual o peso e medida certa dos alimentos que ingerimos.

 

Talvez eu estivesse errada, quanto à minha alimentação.

 

Ingeria em demasia, muitos hidratos de carbono, e poucas proteínas. Não equilibrava as minhas refeições principais. E mais, não olhava a rótulos para ter noção do que consumia.

 

Para quem é intolerante à lactose, como eu, não é mais um copo de leite magro a um lanche que vai fazer muita diferença. Pois a lactose, açucar natural do leite, está completamente abolido. E esse é um dos motivos porque não se pode consumir mais que um copo de leite por dia. 

 

Vou continuar a ter "medida" no que como, mas não vou viver em função e focada na alimentação. Não é bom para mim e penso que não é bom para ninguém.

 

No inicio achei que ia conseguir, e secalhar até conseguia, mas estou numa fase da minha vida que provavelmente tenho outras coisas que me preocupam mais do que isto. Como estar a 30 dias de subir ao altar.

 

Os nervos roem muito por dentro. Questiono-me todos os dias o que falta, de como vai ser, e isso já é bastante por momento.

 

Venho aqui da mesma forma que comecei, desabafar convosco a minha realidade e consequência do foco da dieta. Porque nós temos que ser nós e viver os momentos ao propósito que acontecem. Como disse, estou a 30 dias de casar e isso já é muito importante para mim. Afinal só caso uma vez na vida, com aquele que é o homem da minha vida e o pai da minha princesa.

 

A noiva está a preparar-se...e a curtir o momento. De momento, não quero pensar em mais nada do que isto e ser feliz.

 

Beijinhos muuito grandes da "Mamã Zen, Mamã com estilo..."  

 

 

#AMAATUAPELE

Olá a todos...

 

Os mais vaidosos, ou "cuidadosos" com a sua beleza...

 

Já viram a nova campanha da L'oreal Paris, #AmaaTuaPele?

 

Clica aqui, e vem conhecer o novo desafio.

 

 

Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..." .

 

 

 

 

 

A minha prenda do dia da Mãe: O Pai escreveu no blog da Mamã...

Hoje deixo-vos com dois posts, sendo este segundo a prenda que recebi do Papá da minha filhota, de forma a mostrar o que sou todos os dias na vida dos dois Amores da minha vida.

Aqui vos deixo o que o Papá escreveu no meu blogue, de forma a homenagiar este dia tão falado sobre o ser "MÃE".

Obrigada Mor...ADOREI. Amo-te muito.

 

 

Hoje dia 3 de Maio de 2015 e o teu segundo ano de ser MÃE.

 Uma mãe muito babada pela nossa Borboleta linda. Cada dia que passa tentas sempre superar o anterior querendo dar o máximo de ti como mãe, mas não só como mãe mas também como esposa. Como tu, não há nenhuma, pois és única tanto para mim como para a nossa Borboleta. És a Mulher das nossas vidas.

Para mim uma esposa muito paciente, sendo eu, um marido um pouco chato, mas que te ama muito assim como tu és. Meiga, carinhosa, compreensiva, um pouco teimosa, sempre preocupada com os outros, batalhadora, e muito objectiva… resumindo és a mulher que eu amo para todo o sempre e mais além.

Como mãe da Borboletinha linda que temos, nem sei que diga, se tinhas duvidas como seria ser mãe, não as demonstraste desde o primeiro dia que ela nasceu. Parece que algo dentro de ti nasceu quando ela nasceu, pois para ti tudo pareceu natural desde o primeiro dia.

É maravilhoso olhar para vocês as duas.

Se tu tens duvidas se és boa Mãe, pois eu não tenho duvidas nenhumas que és a melhor Mãe do Mundo que a nossa Borboleta podia ter, pois mesmo o dia começar tão cedo para ti entre ser Mãe, trabalho, cuidar da casa e tudo mais tens sempre a alegria contigo para cuidar da nossa filhota linda.

Talvez a melhor terapia para ti própria seja estar com ela, pois uma se completa a outra. E  se eu não as imaginar uma sem a outra muito menos tu, Mãe galinha que tudo faz para cuidar de seu rebento e não dá lugar ao  cansaço.

Obrigado por seres a melhor mulher do mundo e a extraordinária MÃE que és, pois contigo sei que nossa filha terá tudo que necessita para crescer e se tornar uma mulher dedicada como sua Mãe o é!! Vos Amooooooooooooooooooo.

 

 

A maternidade como uma oportunidade de realinhamento profissional

Há coisa e coisas. Coisas que não sabemos explicar, mas que passam no nosso caminho com o sentido de nos deixar uma mensagem. 

Digo isto, e para que vocês consigam perceber o que estou a falar, vou vos contar a minha situação presente.

 

Neste momento a minha bebé tem 12 meses, e sou imensamente grata por poder ser eu a tomar conta dela todo este tempo. Graças a Deus a minha vida assim trilhou para que eu própria pudesse cuidar 24 horas, sobre 24 horas, sem ter que levá-la para o infantário.

 

Quando ainda era gestante, eu tinha tudo muito definido na minha cabeça. Por minha concordância e do Papá, tinhamos, proposto colocar a bebé, mais ou menos aos 8 meses, no infantário. Pensávamos na parte cognitiva da bebé, no beneficio que podia ser para ela e para o seu desenvolvimento, não sabiamos é que depois dela nascer, e com o passar do tempo o coração de Mamã, fica menos prodisposto a partilhá-la com o desconhecido. Acho que nos tornamos um pouco egoistas e egocêntricas, pensamos no bebé sim, mas pensamos na dor que nos causa ver os nossos rebentinhos nas mãos dos outros que mal conhecemos. Será que fica bem? Será que sofre pela minha ausência? Será, será, será.....? E assim continuamos.

Como já mencionei, eu sou grata por ter oportunidade de ser eu a cuidar da minha filha a tempo inteiro, outros nem sequer têm essa opção, simplesmente têm que colocar nos infantários, ou contratar alguém para cuidar dos seus filhos, porque têm que trabalhar fora de casa.

 

Eu continuo com a mesma oportunidade de poder continuar a ser EU, a cuidar da nossa bebé, mas a verdade é que também trabalho, apartir de casa. Também sou, no melhor que posso, dona de casa. Também sou, o melhor que até agora consigo, e que a maternidade deu-me oportunidade de ser, blogguer. E sobretudo, sou Mamã.

Sou tanto numa só pessoa, que por vezes sinto que cheguei ao fim do dia, e perdi-me no meio de tanta "profissão", principalmente na mais gratificante de ser Mamã.

E as horas passam, e o dia passou, e qualquer coisa ficou por fazer. E eu, reclamo em voz alta, mas comigo mesmo, porque deixei tarefas para trás.

 

A verdade, é que não somos super heroinas, ou somos. hehehe

Exigimos muito de nós. Por vezes não deviamos.

 

Voltando ás nossas ideias bem definidas, passou os 8, 9, 10 e por ai fora, meses, e não consigo ceder, render-me ao melhor momento para colocar a nossa bebé no infantário.

O Papá diz à Mamã: "Também precisas tempo para trabalhar....também precisas tempo para fazer as tuas coisas."

Eu sei que é verdade, mas dói, dói aqui dentro. Porque o tempo passa a voar, e eu não quero perder nada, que seja importante do melhor de mim, a minha Borboleta.

 

Eis que recebo um e-mail, e porventura, clico no seguimento de videos no Youtube, onde deparo-me com este video, que aqui vos deixo, tão direcionado à minha vida neste momento. Aos medos de quando descobrimos que estamos grávidas, ao medo do futuro, ao medo de avançar, ao medo de lutar pelos os sonhos, a tudo.

 

E ainda hoje, quando estava a olhar para ela, eu senti a gratidão de cuidar todos os dias dela, de fazer parte da  minha vida todos os minutos, até mesmo quando estou a trabalhar.

 

Eu tenho o projeto nas minhas mãos, eu tenho os meus sonhos comigo, e eu sou MÃE acima de tudo, mesmo quando partilho a minha filha, com alguém que sabe cuidar dela com respeito e dedicação.

Porque hoje, que sou Mamã, tudo o que faço é em prol do melhor para ela. Para uma vida melhor, um futuro melhor, para nós FAMÍLIA.

 

Aqui vos deixo um video inspirador.

A maternidade como uma oportunidade de realinhamento profissional

 

 

Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..." .

 

 

 

3# TAG: What makes me happy...

Olá, Olááá...Antes de mais quero-vos desejar uma ótima semana, como sempre, cheinha cheinha só de coisas boas.

 

A Mamã hoje veio aqui responder a um desafio colocado pela blogguer Camellia. A Camellia há-de pensar que me esqueci dela, mas não, aqui estou eu...hehehe

 

 

Camellia desafiou-me para a tag "What makes me happy". Como já conto com algumas primaveras, aqui vos deixo os 28 momentos e/ou situações que me fazem feliz.

 

  1. Como Mamã, acordar, olhar para a minha Borboletinha e ver aquele sorrissssoooo de encher o coração logo pela manhã.
  2. Receber o Bom Dia do meu mais que tudo...pois faz-me sentir que está, aqui ao pé de mim, e está tudo bem.
  3. Saber que está tudo bem com os meus pais, diariamente, uma vez que não moro com eles, e não os vejo a diário.
  4. Todos os dias receber das minhas filhotas de 4 patas, a alegria de eu estar presente na vida delas.
  5. Adoro a folguinha, depois de almoço, que eu e a minha filhota temos juntas.
  6. Festarolas de Familia, são sempre boas.
  7. Ter a oportunidade de saber apreciar todos os seres de luz, sendo grata pela presença e aprendizagem que tenho vindo a ter.
  8. O meu momento de Reiki
  9. Adoro ler para aprender...
  10. Ouvir música e viajar num Mundo só meu...
  11. Ver tudo organizado ( mas confesso que para organizar...vai lá, vai...heheh)
  12. Estar presente no meu blogue.
  13. O meu blogue faz-me feliz.
  14. Cantar.
  15. Pesquisar na internet, horas e horas, e horas...
  16. Ajudar o  próximo.
  17. Ser quem sou.
  18. Ser Mamã Zen, Mamã com Estilo...
  19. Adoro comer doces, apesar que depois o arrependimento vem atrás...ahahahha
  20. Estar NOIVA...
  21. Festejar o meu aniversário no mesmo dia que o meu "Noivo-Marido" hehehehe
  22. Saber que todos os dias quando acordo, todos os que amo acordam para mais um dia todos juntos, apesar de que ás vezes possa-se fazer sentir a distância física.
  23. Comer Fatias Douradas
  24. Ser Mamã...
  25. Ser Mulher...
  26. Momento "Zen"
  27. Mimar-me
  28. Ter 28 anos de experiência....ahahahah

Pronto, aqui fica a minha tag: "What makes me happy...", espero que gostem...

Obrigada Camellia pela nomeação, e desculpa a demora pela resposta.

 

Os blogues que nomei-o são:

 

entre_tanto

mind-whereismymind

ocantodapetrolina

derepentejanos40

justmom

just_smiiile

meandmyboymarisad_fernandes

 

Vamos lá meninas, fico à espera...

 

 Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..."

 

Refeições e Dentinhos, uma loucura para as Mamãs...

 

Estou a ficar doidinha com as refeições da minha Borboleta. 

A minha Borboleta está prestes a completar 1 aninho. Nesta fase é suposto começarmos a dar mais alimentos sólidos, a verdade é que nem sólidos, nem liquidos. Nada.

Sempre fui uma Mamã descontraida no aspeto da alimentação, pois tento ser o mais compreensivel para com ela, visto que há dias que nós estamos menos bem, também ela tem direito de ter esses seus dias.

A Borboleta é (ou era) até há 3 semanas atrás de boa boca, no entanto, desse tempo para cá deixou de comer. As suas refeições passam por leite, e papa no biberon.

A primeira semana, relax, pois pode ser uma fase dos dentes...já que tudo nas crianças resume-se a dentes.

Cada vez que está para nascer dentinhos, ela leva uma semana a basear se no leite, e na papa no biberon, o resto é uma birra. 

Passam duas, passam três semanas? Já começo a pensar...

Voltamos à etapa Nº1, introdução de alimentos novos. 

Hoje no meio da brincadeira, vi mais dois ratões a caminho.

Maganos, dos ratões que dão chatices à minha menina.

Só espero que dentro de um par de dias volte a sua fome pela sopa, pelo os iogurtes, por tudo...porque se não fico louca a pensar o que inventar para conseguir manter as refeições saudáveis da minha bébé.

Ufa...desabafo de Mamã...

Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..."

 

 

 

 

Segunda-feira, toca a aproveitar a semana...

Bom dia...com muita alegria 

E hoje é segunda-feira...inicio de semana.

Ótimo para planearmos a nossa semana, para que ao fim da semana vejamos o tanto que conseguimos fazer.

 

Por aqui já está planeada...vamos lá ver se conseguimos fazer tudo certinho. 

O bom do planeamento é que podemos organizar-nos melhor e focarmo-nos nos nossos objetivos sem nos dispersar. 

Experimenta, pegar numa folha, e escrever as tarefas que tencionas fazer durante o dia. Consoante vais realizando as tarefas, assina-las na tua folha, como tarefa realizada. Vais ver que ao final do dia sentes te realizado, sem a sensação: "Estou cansada/o, e não fiz nada..." , porque afinal nem deste conta, mas realizastes imensas tarefas. Com sorte ainda sobra tempinho para descansar.

Este é um hábito que já tenho algum tempo, e que sinto-me satisfeita, pois percebo o que o dia "rendeu". 

Planei-o, organizo-me e tudo flui...

Desde agora, deixo-vos um até já...

Foi só um miminho para começar a semana, venho daqui a pouco com mais um post...

Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..."

 

 

Ser blogger...

Olá a toda a blogosfera...

Há pouco acabei de ver uma reportagem, que passou na sic, sobre blogger's.

 

Achei interessante falar da minha experiência, enquanto blogger, porque penso que poucos são aqueles que o fazem e falam. E noto que também existe muita vontade nas pessoas de serem bloguer's mas pela vergonha e pela partilha, acabam por não fazerem algo que gostam.

Eu sou blogger desde há uns meses. Pensei muito antes de o ser. Pois como muita gente tinha vergonha de enfrentar criticas, principalmente daqueles que me são próximos de mim. Mas desde que tive o apoio do meu "Namarido", tudo para a frente tornou-se caminho.

Acho que ao ser Mãe, deu me a maturidade necessária para perceber que temos que ser e fazer aquilo que gostamos, sem pensar que podemos sofrer represálias.

Eu não quero saber das críticas dos demais, importa-me sim ouvi-las para melhorar, crescer, mas vergonha de ser blogger, eu não a tenho. Cada um segue os passos e os sonhos que tem. Eu sigo os meus.

Não tem sido fácil conciliar tudo...afinal, sou mulher, Mãe, dona de casa, e trabalhadora.

Faço o que posso para todos os dias conseguir dar mais de mim para o blog. Pois o meu blog é a minha terapia. Aquilo que completa-me sem ser a minha familia e amigos, para ser feliz. 

Tenho muito a aprender...tudo leva o seu tempo. A vida é uma escola, e a experiência trás nos sabedoria. Com o tempo espero criar melhores conteúdos, melhores artigos, escolher temas que interessem a todos vocês, mas leva tempo, pois Roma também não se construiu num só dia.

Ver a reportagem mostrou me afinal que ser blogger é muito mais do que nós imaginamos. Pois todos os dias um blogger dedica horas para poder partilhar algo com o seu público.

Tu que estás nesse lado, e tens vontade de ser blogger, não te envergonhes, pois os sonhos são somente teus, e se tu não fizeres aquilo que gostas e sonhas, ninguém o fará por ti. A melhor amiga/o de ti, és tu próprio.

Eu encontrei no meu blog o desenvolvimento que preciso todos os dias, pois eu "necessito" de estar em constante aprendizagem, e ao ser blogger, faz com que todos os dias eu tenha que ler, formar me e atualizar me do mundo que me interessa.

Espero que a partilha da minha experiência tenha sido util, para quem quer começar, ou mesmo para aqueles que já o são mas sentem falta de um incentivo. Eu não sou mais nem menos que ninguém, eu sou eu, a Soraia que gosta de ser a "Mamã Zen, Mamã com estilo..." .

Partilha a tua experiência connosco, será interessante crescermos todos juntos.

Todos juntos somos um só, com sabedoria.

 

Grata por tudo que me tem proporcionado. Espero que tenham gostado...

Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..."  Até já ...

 

 

 

 

2# Tag: 7 Coisas...

Olá Luzes. Depois de uns dias "sumida", sem tempo para atualizar o blog, aqui estou eu.

Desta vez venho responder a um desfio proposto pela Mom Sandra. (Obrigada, por teres me nomeado. 

O Desafio chama-se 7 Coisas...

 

Eis a resposta abaixo da tag, e claro...mais 7 nomeações...

 

7 Coisas Para Fazer Antes de Morrer

  1. Casar com o Homem da minha vida, que é o Pai da minha filhota.
  2. Ver nevar.
  3. Ser Mamã novamente.
  4. Completar os cursos de terapias alternativas
  5. Fazer quem Amo feliz.
  6. ....
  7. ....

Sinceramente não consigo dizer mais nada que quisesse fazer antes de morrer...

 

7 Coisas Que Mais Digo

  1. "Mor. tenho fome..."
  2. "A que horas é que a Laura comeu?" - isto porque durante a noite quem cuida da nossa filhota é o Papá, e normalmente é ele que dá-lhe o ultimo biberon da madrugada.(Sim, eu sei, tenho sorte de ter um Papá cooperativo . Sou muito grata por isso)
  3. "Tás bem?"
  4. "Demoras muito?"
  5. "Viste os meus óculos?"
  6. "Não me moias o sentido..."
  7. "Amo-te"

7 Coisas Que Faço Bem

  1. Cozinhar. Dizem que até tenho jeito para a culinária.
  2. Ser Mãe.
  3. Ralhar com o Sr. Namarido, a quando vamos passear de carro e eu vou de pendura. Acho que esta é tipica de todas as mulheres, pois deve ser, porque modéstia à parte, nós mulheres conduzimos melhor que eles. 
  4. Ser sincera.
  5. Amar.
  6. Teimar.
  7. (Devo fazer mais alguma coisa, mas de momento não me lembro...)

7 Coisas Que Não Faço Bem

  1. Tenho um problema, que quero fazer tudo ao mesmo tempo e por isso tenho dificuldade em terminar o que estou a fazer, ou propus-me a fazer. Consequência: Fico frustada...claro culpa minha...
  2. Ser paciente...pois em terminadas coisas não suporto esperar.
  3. Não consigo ser boa a atender telefonemas e responder mensagens, porque desde que fui Mamã o telemóvel anda no silêncio, e perco muitas chamadas que acabo por me esquecer de devolver, porque o momento não é apropriado. Ponho na cabeça responder ás mensagens, ou enviar mensagens a alguém, passa o tempo e no meio das tarefas lá vai mais um dia "desligada" .Enfim...
  4. Molotof ... 
  5. Alimentar com uma dieta saudável. Começo, mas depois tenho dificuldade em manter...
  6. Manter a mala sem "TRALHA". Principalmente depois da Baby nascer a minha mala virou um Mundo. Encontrar algo é como uma agulha no palheiro.
  7. Ser pontual.

7 Coisas Que Me Encantam

  1. Ouvir a chuva, quando estou deitada.
  2. O cheirinho de bébé.
  3. Música
  4. Outono
  5. Inverno
  6. Primavera (ahahah)
  7. Rir

7 Coisas Que Amo

  1. A minha filhota
  2. O meu Namarido.
  3. Os meus Papás.
  4. Os meus Sogros
  5. Os meus manos, incluindo os "adoptados" por mim mesma. 
  6. Os meus sobrinhos.
  7. As minhas cadelas.
  8. Esta é por minha conta  : BORBOLETAS 

7 Coisas Que Não Gosto

  1. Que me "impijem" coisas que não quero.
  2. Que me repitam as coisas várias vezes.
  3. Conflitos e confusões.
  4. Pessoas de Mau Intimo
  5. Mentira
  6. Ganância
  7. Desorganização, apesar que não a "Perfect Woman"

7 Blogs Que Indico

  1. meandmyboy
  2. modaseloucurasdeparis
  3. mulherfilhamae
  4. princesasemtiara
  5. canondamaeaossaltos
  6. derepentejanos40
  7. marisad_fernandes

Espero que tenham gostado.  Confesso que isto de responder a tag, não é nada fácil. Mas é divertido.

Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..."  Até já ...

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D