Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mamã Zen, Mamã com estilo...

O blogue que retrata da vida de uma mulher após maternidade. Entre biberões e batons, um mundo cheio de descobertas ao estilo Zen.

Mamã Zen, Mamã com estilo...

O blogue que retrata da vida de uma mulher após maternidade. Entre biberões e batons, um mundo cheio de descobertas ao estilo Zen.

Tudo com peso e medida...

E hoje não há resumo do dia anterior...até porque ao terceiro dia, decidi que as coisas tinham que ser do meu jeito e não do jeito dos livros.

 

 

 

Estarmos focados em dietas, só nos faz pensar naquilo que NÃO podemos comer, do que própriamente pensar na qualidade daquilo que devemos realmente comer.

 

Chega de restrições. 

 

Não prescindo do lanche em familia, pois devido aos nossos trabalhos, os momentos à mesa, são dos poucos momentos que podemos aproveitar para estarmos todos juntos. É como fosse o reencontro de todos, ao fim de um dia de trabalho. E acreditem que limitar-me a lanches, deixava-me completamente frustrada.

 

Chega de dizer não há fruta. Aliás, ao dia de ontem, quando finalmente comi fruta, a minha barriga, como por magia começou a regular-se.

 

Acreditam que no fim de três dias sentia-me pior do que quando tinha começado? Pois é, sentia-me.

 

No entanto não estou a dizer com isto tudo que levou-me a desistência por completo. Não. Simplesmente, e acreditem que com estes três dias, e os livros que li consegui ter um maior conhecimento sobre o que realmente ingerimos. E ter noção do que devo comer, e não. Qual o peso e medida certa dos alimentos que ingerimos.

 

Talvez eu estivesse errada, quanto à minha alimentação.

 

Ingeria em demasia, muitos hidratos de carbono, e poucas proteínas. Não equilibrava as minhas refeições principais. E mais, não olhava a rótulos para ter noção do que consumia.

 

Para quem é intolerante à lactose, como eu, não é mais um copo de leite magro a um lanche que vai fazer muita diferença. Pois a lactose, açucar natural do leite, está completamente abolido. E esse é um dos motivos porque não se pode consumir mais que um copo de leite por dia. 

 

Vou continuar a ter "medida" no que como, mas não vou viver em função e focada na alimentação. Não é bom para mim e penso que não é bom para ninguém.

 

No inicio achei que ia conseguir, e secalhar até conseguia, mas estou numa fase da minha vida que provavelmente tenho outras coisas que me preocupam mais do que isto. Como estar a 30 dias de subir ao altar.

 

Os nervos roem muito por dentro. Questiono-me todos os dias o que falta, de como vai ser, e isso já é bastante por momento.

 

Venho aqui da mesma forma que comecei, desabafar convosco a minha realidade e consequência do foco da dieta. Porque nós temos que ser nós e viver os momentos ao propósito que acontecem. Como disse, estou a 30 dias de casar e isso já é muito importante para mim. Afinal só caso uma vez na vida, com aquele que é o homem da minha vida e o pai da minha princesa.

 

A noiva está a preparar-se...e a curtir o momento. De momento, não quero pensar em mais nada do que isto e ser feliz.

 

Beijinhos muuito grandes da "Mamã Zen, Mamã com estilo..."  

 

 

Dieta dos 31 dias: #Dia2 - Uma quase desistência...

E hoje é resumo do dia 2 da dieta dos 31 dias.

 

 

 

Ontem não senti tanto a ansiedade do açucar, no entanto durante a tarde tremia com a falta de comer algo que realmente podia satisfazer. Comi gelatinas para quebrar aqueles tremelicos, mas confesso que apenas em dois dias, com tanta gelatina estou a ficar enjoada.

 

Ao fim da tarde, muitas vezes pensei em desistir, e que não ia sr capaz de fazer dieta alguma.

 

O meu pequeno almoço (e agora corrigido) foi : Pão escuro com fiambre de peru, e café com leite.

 

A meio da manhã: um iogurte liquido magro e sem açucar (que soube pela vida)

 

Almoço: Os famosos bifinhos de perú enrolados com mozzarela e bróculos (mais uma vez) com o molho de tomate a acompanhar. Durante o almoço, bebi chá de gengibre e limão. É super refrescante. Mas eu não sou fã de  picante, e o gengibre tem aquele toque picante. Fresquinho com a refeição, até foi...

 

Lanche: Gelatinas...Gelatinas...Gelatinas...e duas fatias de presunto (retirei a parte gorda) 

 

Jantar: DESTRAMBELHADO... Fui jantar em casa dos meus pais, comi uma salada de atum, e um pouquinho de sopa ( Eu sei que não devia, mas aquele cheirinho da sopa da Mamã, aiai...)

 

Antes de deitar: GELATINA, e duas fatias de presunto. 

 

Ontem não era pelo o açucar mas sim a fome. Só me apetece aquilo que não posso comer. Eu que não sou muito amante de fruta, até a fruta se podesse... aiai...

 

Na hora do jantar, pensei muitas vezes desistir, porque vejo os demais sem restrições, a comer de TUDO, o cheiro dos alimentos está super acentuado, não sei se pelo o fato de me apetecer muito mais...foi terrivel controlar.

 

Bem...todos os dias tem havido pequenos erros, mas espero que não sejam assim tão prejudiciais à perca de peso, pois também sei que pode ser um processo lento. 

 

Amanhã há mais sobre dieta...espero que a minha coragem permaneça, e não me deixe ir abaixo...

 

Beijinhos muuito grandes da "Mamã Zen, Mamã com estilo..."  

 

 

 

Dieta dos 31 dias: #Dia1 - Resistência...

Oláa todos, hoje é o dia 2 da dieta dos 31 dias, no entanto hoje, venho descrever o meu primeiro dia da dieta.

 

 

 

Durante o dia de ontem, tive imensas dificuldades em suportar a ansiedade do açucar. E mais acentuado, na parte da tarde.

 

Comi durante a tarde várias gelatinas de 0% de açucar e gordura para poder controlar a pseudo fome de um doce.

 

Então as refeições do meu dia resumiram-se:

 

  • Pequeno-almoço: Café com leite, e um mini croainsant integral com fiambre de aves.
  • Meio da Manhã: Bebi muita água. (Não sentiafome, aproveitei que não tenho muito o hábito de beber água, para a ingerir)
  • Almoço: Bife de Peru frito com ovo estrelado em azeite e bróculos cozidos, e café adoçado com sacarina.
  • Durante a tarde: Comi várias gelatinas, um queijo light da Babybell, uma fatia de presunto e bebi água. ( A tarde, é onde senti mais dificuldade em suportar a falta de açucar)
  • Jantar: Bacalhau a brás com Courgette (em vez de batata frita) (O jantar fiz com a ajuda da minha amiga bimby, e digo-vos, gosto mais com Courgette do que com batata) e de sobremesa uma gelatina e café adoçado com sacarina.

Já não comi mais nada para além disto.

 

O que notei imenso foi a minha falta de concentração, e "rabujice" por causa da quebra do açucar. O meu corpo é mesmo muito resistente. Na anterior dieta também notei a mesma dificuldade.

 

Mas bem so falta 14 dias, para "adoçar-me" com controlo, claro.

 

Espero que hoje o dia corra melhor...depois conto-vos tudo. E com vocês, como está a correr?

 

Beijinhos muuito grandes da "Mamã Zen, Mamã com estilo..."  

 

 

Dieta dos 31 dias: #dia1

Com a chegada do Verão, e as mudanças todas que o meu corpo sofreu ao longo destes meses, decidi fazer algo de bom por mim. Dieta. Neste caso a dieta do 31 dias da Nutricionista Ágata Roquette.

 

Há algumas semanas a Marisa do blog marisad_fernandes, falou-me no livro da Ágata Roquette, em que ensinava-nos a comer e perder peso de uma forma saudável e agradável. 

 

Dias depois decidi fazer uma pesquisa sobre a dieta, onde encontrei no Facebook um grupo que achei muito vantajoso, por conciliar a minha amiga Bimby e a Dieta dos 31 dias.

 

Após observação de alguns post's no grupo, achei super interessante e decidi comprar os livros. 

 

20150622_123806.jpg

 

 

Sim, OS LIVROS, preferi invetir logo, no livro de receitas. Apesar que o livro principal trás receitas, não queria ficar muito limitada no que comer, então comprei também o livro das receitas, que confesso, que foi das melhores opções que fiz.

 

Hoje inicio o dia 1 da minha dieta. E estou super entusiasmada. Pois é muito bom fazer dieta, tendo algum prazer a comer.

 

Eu sou de bom garfo, não perco uma guloseima por nada deste mundo, por isso espero e tenho em mente que esta será a dieta mais correta para mim.

 

Outrora, já fiz uma dieta com nutricionista, e digo-vos que me custou horrores. Estava constantemente com quebras de açucar, para além das restrições EXAGERADAS, a minha amiga carteira sofria bastante com a compra de suplementos. Foram poucos os resultados que vi com a mesma.

 

Com esta dieta dos 31 dias espero atingir o objetivo.

 

Vou deixando por aqui as minhas refeições, e como está a correr cada dia. Penso que poderá ser útil para quem quer começar e ainda não tem aquela coragem suficiente para dar primeiro passo. 

 

Beijinhos muuito grandes da "Mamã Zen, Mamã com estilo..."  

 

Quilinhos a mais? E quê?

Olá a todos. Hoje venho assim um pouco desanimada. Mas comigo mesma ou não...não sei ao certo.

 

 

 

Quando era mais novinha era pessoa de me importar muito como eu era, tanto interior como de fisico. No entanto uma coisa que sempre de alguma forma fez com que eu fosse menos preocupada com estes aspetos, foi o fato de interiorizar, que eu era daquele jeito, e daquele jeito eu e o Mundo tinham me que aceitar. Afinal nós crescemos e construímo-nos, crescemos e o nosso corpo molda se ao jeito dele. 

 

E assim por muitos anos cresci, evolui, aceitei-me e amei-me do jeito que sou, tal como sou.

 

Dai, que fui Mamã. E ser Mamã, são 9 meses de transformações corporais, que só Deus sabe como fica passado esses 9 meses. Eu não tinha razão de queixa, pois eu fui uma grávida "elegante" no que toca a peso, e por sorte que a nível estético, não fiquei com manchas, nem estrias. Nem a minha cara ficou com o chamado "pano". Sorte, não é?

 

Passada a minha gravidez, e claro que apesar de estar "elegante", não sai do hospital de barriga lisa...sai como maioritáriamente as Mamãs saem, inchada.

 

O tempo passou, aliás, passou pouquissimo tempo, e eu desinchei, por completo. E comecei a perder peso, e a perder cada vez mais peso, sem nada fazer. Perdi tanto peso, que me encontrava demasiada magra.

 

Fui ao médico. Desde que fiquei grávida, nunca mais consegui sair de lá, sem me dizerem que só tinha que voltar por rotina.

 

Fiz análises, no entanto à partida já se saberia o que estava a passar, apesar da fase do baby-blues e inicio de depressão pós parto, a minha tiróide começou a funcionar mal, dai o tal emagrecimento súbito.

 

Após os resultados, comecei a medicação para controlar o meu hipertiroidismo. 

 

Dai...dai....comecei a engordar. E a engordar.

 

Não que seja obesa, mas estou "fofinha". A barriga depois de um bebé, ainda não estava no lugar certo, e como sou de engordar e fazer barriguinha, a dita cuja apareceu novamente. As pessoas que passam por mim estão sempre a questionar se estou grávida. Não sei se perguntam a todas as "fofinhas" do Mundo, ou se é porque acham simpático faze-lo a mim, mas o que é certo é que o fazem, e por vezes não pensam no que isso pode causar.

 

Até um determinado ponto eu não liguei. Até acho que para uma Mamã recente (12 meses) o corpo está razoável.

Aliás, acho que infelizmente, e por vezes vê-se rapariguinhas muito novas, que não são Mamãs e que não tem cuidado com alimentação e deixam o corpo chegar a uma dimensão quase impossivel de reverter ao que seria "normal".

Mas hoje isto toca-me. Toca-me pela insensibilidade das pessoas, pelas palavras duras que ouvimos, e mais a mais com o Verão a aproximar-se cada vez mais, tudo toca-me.

 

Eu estou a tentar reeducar-me, a criar hábitos alimentares saudáveis, a tentar dimunuir açucares, mas é dificil, e não é de um dia para o outro. Neste momento, estudo muito sobre alimentação saudável, e tento aplicar. Tento dar o melhor. Mas vai pouco a pouco. Quero colocar o  execicio físico na minha rotina, mas Mamãs será que só sou eu que ainda estou a habituar-me a consiliar a vida de Mamã, cada fase nova do nosso bebé, e o tempo passa e acaba por não chegar para nós?

 

A verdade é que já há alguns dias que ando para escrever sobre o tema, mas não sabia ao certo se me exprimiria da melhor forma, e mesmo assim estou para aqui a escrever...e vamos ver o que sai.

 

Descobri que há pessoas muito maldosas neste Mundo, que gostam de "castigarem-nos" com aquilo que para elas também não as faz feliz. É fácil apontar defeitos para que os nossos sejam ocultados. Enfim...

 

Como foi com vocês Mamãs? Têm sugestões?

E as que não foram Mamãs e sofrem do mesmo? Como é com vocês?

 

Ideias para refeições também se aceitam.

 

Ahhhh mas vou só salientar, que apesar do desabafo, eu continuo bem, mas é como um exemplo que estou constatemente a dar. Nós temos uma blusa que adoramos e vestimos, chega uma pessoa e diz que não gosta, mas nós não nos ralamos, chega outra e também diz que não gosta, até que chega um ponto que já é tanta gente a dizer o mesmo que nos questionamos, "na realidade, secalhar a blusa não me fica bem". E pronto...

 

Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..." .

Receitas: Massa com Gambas e Legumes

Olá, Olá ... Hoje venho com algo diferente.

Há algum tempo que estou a tentar fazer uma dieta o mais equilibrada possível ( Possivel, porque parece que aquele momento de Gula sobre os doces não tem fim.) 

 

Para o jantar de hoje fiz uma massa super deliciosa...nham nham...e achei que seria interessante partilhar a receitinha convosco. 

Eu simplesmente adoro massas.

 

Então aqui vai.

Massa com gambas e legumes

                   

Ingredientes:

- Massa de Esparguete Integral

- Legumes Variados ( Congelados)

- Gambas 

- 1 Dente de Alho

- Margarina Vegetal

- Sal

- Tempero para massas em pó

- 1 Knor de Marisco

 

Numa panela, colocamos a água a ferver, adicionamos o Knor de marisco, sal a gosto, a massa integral, e as gambas. Deixamos cozer normalmente. (Cozi as gambas junto da massa, para que tomasse mais o gosto das gambas)

Entretanto noutra panela, com água a ferver, colocamos os legumes e sal a gosto.

Depois de ambos estarem cozidos, retiramos do lume e escorremos a água.

Numa frigideira, colocamos um dente de alho bem picadinho, com margarina vegetal, e um pouco de tempero para massas ( em pó, a gosto). Deixamos que a mistura se difunda, juntando de seguida a massa com as gambas. Salteamos um pouco, e depois adicionamos os legumes, envolvendo, para que tome gosto.

 

Et Voilá!!! Bonne Apettit...

 

Eu simplesmente adorei esta massinha. Espero que gostem. Não especifiquei quantidades, porque será ao critério de cada um, consoante o número de pessoas para refeição.

 

Se alguém tiver alguma dúvida, ou experimentar, deixe aqui nos comentários o que achou...vou gostar de saber a vossa opnião.

 

Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..." .

 

Desabafo do dia: 100% Crazy

Olá ... Hoje venho um pouco diferente, venho eu, como sou e estou neste momento.

 

Estou naqueles dias mensais terriveis na vida de uma mulher...

Se sou gulosa, pior fico. Se sou impaciente, pior fico...e este mau estar que não desaparece?!?!

Xiiiiiiiiiii...a sorte é que adoro ser mulher, mesmo com estas "coisas" chatas tipico de mulheres...ahahah

 

Sabem o que é que eu fiz hoje? 

Um bolo de cenoura com sementes de papoila. Tem cabimento?!?!

Como é possivel fazer dieta? Assim não dá...podias  vir e não fazeres de mim uma gulosa e desfomiada...

(Ahhh as sementes de papoila, foi só para dar um toque mais "light" à "coisa". )

 

Pronto, já disse, já falei, já desabafei...agora vou ali comer mais uma fatiazinha de bolo, que chora por mim desamadamente.

 

 Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..." , hoje um pouco doidinha, mas feliz.

 

 

 

 

Reflexão da semana...

 

Antes de mais....

reflexao-para-o-fim-de-semana-308379-1.jpg

 

Esta semana sei que cuidei do meu jardim, com dias de chuva outros de sol, mas com a certeza que algumas plantas do meu jardim floresceram, e outras até mostram as suas primeiras folhinhas.

Não se pode dizer que todos os dias são fáceis, mas como costumo dizer, o não desistir e persistir faz-nos ultrapassar obstáculos e percebermos que somos mais fortes do que pensamos.

Esta primeira semana de blog quero agradecer o vosso apoio, o crescimento que para mim faz de mim uma pessoa super feliz e todo o feedback que tenho recebido. Todos os dias tento melhor...não só para vós mas também para mim mesma.

Grata a Deus pelo o caminho...

Beijinhos gordinhos da Mamã Zen, Mamã com estilo... cheinha de soninho. 

 

 

 

Caminhos a tomar...

"É necessário que, por muito que nos custe, nos dirijamos de forma dedicada ao que sabemos que nos faz bem e que nos proporciona bem-estar: A MUDANÇA"

"Emoções Tóxicas" de Barnardo Stamateas

 

Adorei esta frase, pelos vistos não foi ao acaso que um saco de livros novos ficou emprestado e a prenoitar em minha casa. Até porque eu ler? Uiiiiii, nem mais que um titulo de capa de livro super colorida, quanto mais o seu miolo... Agora?

DEVORO-OS querendo e sem querer, como um doce muito saboroso...

Livros neste momento é quase como a dieta...nas dietas substitui-se o chocolate pela gelatina light, no meu serão substitui a venenosa televisão, pelos os livros instrutivos e que pelo menos fazem de mim uma pessoa mais instruida  (digo eu ahahaah)

 

É a tal MUDANÇA...

E não há muito a dizer... 

 

Quanto ao dia de hoje encheu me o coração...espero ter enchido o de mais alguém...porque na vida existe pessoas e pessoas, fadas e anjos que nos conduzem ao que está certo, basta OUVIR...

 

arvores-frutiferas.jpg

 

Dai o mundo que nos rodeia fica assim, LINDO e COLORIDO.

 

Beijinhos gratos da "Mamã Zen, Mamã Amiga, Mamã Borboleta..."

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub