Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mamã Zen, Mamã com estilo...

O blogue que retrata da vida de uma mulher após maternidade. Entre biberões e batons, um mundo cheio de descobertas ao estilo Zen.

Mamã Zen, Mamã com estilo...

O blogue que retrata da vida de uma mulher após maternidade. Entre biberões e batons, um mundo cheio de descobertas ao estilo Zen.

Tudo com peso e medida...

E hoje não há resumo do dia anterior...até porque ao terceiro dia, decidi que as coisas tinham que ser do meu jeito e não do jeito dos livros.

 

 

 

Estarmos focados em dietas, só nos faz pensar naquilo que NÃO podemos comer, do que própriamente pensar na qualidade daquilo que devemos realmente comer.

 

Chega de restrições. 

 

Não prescindo do lanche em familia, pois devido aos nossos trabalhos, os momentos à mesa, são dos poucos momentos que podemos aproveitar para estarmos todos juntos. É como fosse o reencontro de todos, ao fim de um dia de trabalho. E acreditem que limitar-me a lanches, deixava-me completamente frustrada.

 

Chega de dizer não há fruta. Aliás, ao dia de ontem, quando finalmente comi fruta, a minha barriga, como por magia começou a regular-se.

 

Acreditam que no fim de três dias sentia-me pior do que quando tinha começado? Pois é, sentia-me.

 

No entanto não estou a dizer com isto tudo que levou-me a desistência por completo. Não. Simplesmente, e acreditem que com estes três dias, e os livros que li consegui ter um maior conhecimento sobre o que realmente ingerimos. E ter noção do que devo comer, e não. Qual o peso e medida certa dos alimentos que ingerimos.

 

Talvez eu estivesse errada, quanto à minha alimentação.

 

Ingeria em demasia, muitos hidratos de carbono, e poucas proteínas. Não equilibrava as minhas refeições principais. E mais, não olhava a rótulos para ter noção do que consumia.

 

Para quem é intolerante à lactose, como eu, não é mais um copo de leite magro a um lanche que vai fazer muita diferença. Pois a lactose, açucar natural do leite, está completamente abolido. E esse é um dos motivos porque não se pode consumir mais que um copo de leite por dia. 

 

Vou continuar a ter "medida" no que como, mas não vou viver em função e focada na alimentação. Não é bom para mim e penso que não é bom para ninguém.

 

No inicio achei que ia conseguir, e secalhar até conseguia, mas estou numa fase da minha vida que provavelmente tenho outras coisas que me preocupam mais do que isto. Como estar a 30 dias de subir ao altar.

 

Os nervos roem muito por dentro. Questiono-me todos os dias o que falta, de como vai ser, e isso já é bastante por momento.

 

Venho aqui da mesma forma que comecei, desabafar convosco a minha realidade e consequência do foco da dieta. Porque nós temos que ser nós e viver os momentos ao propósito que acontecem. Como disse, estou a 30 dias de casar e isso já é muito importante para mim. Afinal só caso uma vez na vida, com aquele que é o homem da minha vida e o pai da minha princesa.

 

A noiva está a preparar-se...e a curtir o momento. De momento, não quero pensar em mais nada do que isto e ser feliz.

 

Beijinhos muuito grandes da "Mamã Zen, Mamã com estilo..."  

 

 

Dieta dos 31 dias: #Dia2 - Uma quase desistência...

E hoje é resumo do dia 2 da dieta dos 31 dias.

 

 

 

Ontem não senti tanto a ansiedade do açucar, no entanto durante a tarde tremia com a falta de comer algo que realmente podia satisfazer. Comi gelatinas para quebrar aqueles tremelicos, mas confesso que apenas em dois dias, com tanta gelatina estou a ficar enjoada.

 

Ao fim da tarde, muitas vezes pensei em desistir, e que não ia sr capaz de fazer dieta alguma.

 

O meu pequeno almoço (e agora corrigido) foi : Pão escuro com fiambre de peru, e café com leite.

 

A meio da manhã: um iogurte liquido magro e sem açucar (que soube pela vida)

 

Almoço: Os famosos bifinhos de perú enrolados com mozzarela e bróculos (mais uma vez) com o molho de tomate a acompanhar. Durante o almoço, bebi chá de gengibre e limão. É super refrescante. Mas eu não sou fã de  picante, e o gengibre tem aquele toque picante. Fresquinho com a refeição, até foi...

 

Lanche: Gelatinas...Gelatinas...Gelatinas...e duas fatias de presunto (retirei a parte gorda) 

 

Jantar: DESTRAMBELHADO... Fui jantar em casa dos meus pais, comi uma salada de atum, e um pouquinho de sopa ( Eu sei que não devia, mas aquele cheirinho da sopa da Mamã, aiai...)

 

Antes de deitar: GELATINA, e duas fatias de presunto. 

 

Ontem não era pelo o açucar mas sim a fome. Só me apetece aquilo que não posso comer. Eu que não sou muito amante de fruta, até a fruta se podesse... aiai...

 

Na hora do jantar, pensei muitas vezes desistir, porque vejo os demais sem restrições, a comer de TUDO, o cheiro dos alimentos está super acentuado, não sei se pelo o fato de me apetecer muito mais...foi terrivel controlar.

 

Bem...todos os dias tem havido pequenos erros, mas espero que não sejam assim tão prejudiciais à perca de peso, pois também sei que pode ser um processo lento. 

 

Amanhã há mais sobre dieta...espero que a minha coragem permaneça, e não me deixe ir abaixo...

 

Beijinhos muuito grandes da "Mamã Zen, Mamã com estilo..."  

 

 

 

Dieta dos 31 dias: #Dia1 - Resistência...

Oláa todos, hoje é o dia 2 da dieta dos 31 dias, no entanto hoje, venho descrever o meu primeiro dia da dieta.

 

 

 

Durante o dia de ontem, tive imensas dificuldades em suportar a ansiedade do açucar. E mais acentuado, na parte da tarde.

 

Comi durante a tarde várias gelatinas de 0% de açucar e gordura para poder controlar a pseudo fome de um doce.

 

Então as refeições do meu dia resumiram-se:

 

  • Pequeno-almoço: Café com leite, e um mini croainsant integral com fiambre de aves.
  • Meio da Manhã: Bebi muita água. (Não sentiafome, aproveitei que não tenho muito o hábito de beber água, para a ingerir)
  • Almoço: Bife de Peru frito com ovo estrelado em azeite e bróculos cozidos, e café adoçado com sacarina.
  • Durante a tarde: Comi várias gelatinas, um queijo light da Babybell, uma fatia de presunto e bebi água. ( A tarde, é onde senti mais dificuldade em suportar a falta de açucar)
  • Jantar: Bacalhau a brás com Courgette (em vez de batata frita) (O jantar fiz com a ajuda da minha amiga bimby, e digo-vos, gosto mais com Courgette do que com batata) e de sobremesa uma gelatina e café adoçado com sacarina.

Já não comi mais nada para além disto.

 

O que notei imenso foi a minha falta de concentração, e "rabujice" por causa da quebra do açucar. O meu corpo é mesmo muito resistente. Na anterior dieta também notei a mesma dificuldade.

 

Mas bem so falta 14 dias, para "adoçar-me" com controlo, claro.

 

Espero que hoje o dia corra melhor...depois conto-vos tudo. E com vocês, como está a correr?

 

Beijinhos muuito grandes da "Mamã Zen, Mamã com estilo..."  

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub