Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mamã Zen, Mamã com estilo...

O blogue que retrata da vida de uma mulher após maternidade. Entre biberões e batons, um mundo cheio de descobertas ao estilo Zen.

Mamã Zen, Mamã com estilo...

O blogue que retrata da vida de uma mulher após maternidade. Entre biberões e batons, um mundo cheio de descobertas ao estilo Zen.

Sesta a duas...

IMG_20170802_144742.jpg

 

As saudades destas folguinhas a duas, na cama dos Papás, eram mais que muitas.

 

Não há dinheiro que pague estes momentos. 

 

Tão únicos e só nossos. 

 

O tempo corre... Mas se for preciso eu paro-o para estar só aqui, contigo, minha sempre bebé. 

 

Aproveitem também por aí. 

 

Eu e os cócós...

13_02_2012_malala_investigadora.jpg

 

 

Calcula-se que à partida, quando somos Mamãs, surgem em nós SUPER PODERES, mas a de avaliadora/investigadora de cócós?!?! Essa ninguém espera...até ao dia que somos Mamãs.

 

Pois é.

 

Quando o bebé nasce:

 

Cócó verde, amarelo...eu sei lá bem o que é, mas o certo que dizem que trata-se da limpeza intestinal pós-parto, e passado alguns dias, a coisa torna-se um pouco consistente, e de cor nova...tudo por a nova alimentação, o leite.

 

Nessa fase, ou é porque obra ou porque não obra, acho que há ali um par de meses que Mamãs só pensam quase como o diário do cócó. Fez?! Fez quantas vezes?! Conseguiu? Chorou? Tem cólicas?! Só queremos mesmo é que OBRE pelo menos uma vez por dia, sem cólicas.

 

Falar de cócós é tão interessante, mas tão interessante...ai meu Deus, que vão todos fugir daqui.

 

Continuando, começa a fase da introdução de Pápas e por ai fora.

 

Mais um filme. 

 

Ai, é ter que estar atentissima à fralda para ver qual a reacção no dito cujo.

 

Uma coisa é certa, se tudo correr como o previsto, dentro da normalidade, o "bolinho" torna-se mais cheiroso e mais consistente. E consoante o que come, formamos um género de arco-iris em tons de pastel, mais adaptados ás tendências da moda Outono/Inverno...opsss!!!

 

Dentes surgem, e eis que surge mais um novo conhecimento sobre CÓCÓS.

 

De cheiro ácido, amarelado, e por vezes causa um pouco de dermatite da fralda.

 

Poderia dizer que aqui, nesta fase já estava práticamente perita no assunto, mas não...

 

Eis que surge um virus parvo da época, que causa vómitos e diarreia (neste caso, e graças a Deus, só causou a diarreia) e atormenta a minha menina.

 

Ao inicio, a Mamã tinha os "bolinhos" debaixo de olho, mas a coisa tornou-se um pouco mais águada, o que tirou de hipótese ser DENTES. 

 

Depois ganhou mais textura, com menos cheiro, e em vários dias de dieta e medicada para repôr a flora intestinal, já não consigo perceber do que se trata. É virus?!? Ou é dos 4 dentes que ai veem ao mesmo tempo?!

 

Ufaaa, chega de falar de....cócós, até porque nestes ultimos dias não faço mais nada do que mudar fraldas com "bolinhos" um pouco "mal feitos"...

 

DESEJANDO QUE PASSE ...

 

Por ai alguém atingindo por este "drama"?!?

 

Beijinhos grandes da Mamã Zen, Mamã com Estilo...

 

 

Reacção ao 1º trabalho de espressão plástica...

É fascinio...

 

manobaby.jpg

 

 

Pode ser um rabisco, um pontinho numa folha, mas sou aquele tipo de Mamã, que tem orgulho do seu primeiro trabalho, de expressão plástica no infantário. ahahah

 

Era capaz de mandar moldurar, para mais tarde recordar.

 

Vá ... chamem-me louca, eu chamaria-me APAIXONADA.

 

(Realmente, uma mulher quando vira Mamã, não sabe falar de outra coisa do que sua paixão, seu filho. E vá lá saber-se porquê?!?!)

 

Serei a unica Mamã que faz uma festarola cada vez que vê um rabisco novo da criança?!

 

Acusem-se...

 

Fico à espera...

 

Beijinhos grandes da Mamã Zen, Mamã com Estilo...

Infantário VS Coração de Mamã

Olá com ALEGRIA, para mais uma semana, com muitas aventuras.

 

 

 

Faz hoje uma semana que postei aqui no blogue, sobre uma semana que seria muito importante para a mim e para a mais pequena cá de casa. Pois é, e foi verdade. Uma semana um pouco complicada para ambas, pois no fim de 16 meses, sem "cortar" o cordão "Umbi-emocional" de Mamã, eis que chegou o dia.

 

Não sei se todos têm este sentimento, mas sempre que penso no primeiro dia de escolinha da mais pequena, é como se estivesse a deixar ir, deixar crescer, a cortar o que de tão unido está em nós, e mais ... isto tudo causa "sofrimento".

 

Sofrimento para mim, que sou Mamã, pois o hábito diário de conviver com ela todos os dias, ser eu a cuidar de tudo da minha Borboleta, fez com que este ter que "ceder" um pouco dela aos demais castigasse-me com tristeza, o meu coração.

 

Mais ainda, e por ver que quando chega a hora de ir para a escolinha, sinto que o ver pessoas novas para ela torna-a "macaquinho" no colo da Mamã, sem querer descolar.

 

Ainda parte mais o coração.

 

Tento criar regras, e hábitos, porque são necessários. Tento ver os beneficios de frequentar a creche, mas está um pouco dificil para um coração apertadinho. A minha vontade é pegar nela, e dizer: "Que se lixe tudo vens comigo para casa, o resto ( casa, trabalho, falta de organização) que se dane, faz-se quando se pode e deixas, filhota..."

 

Mas não posso, nem devo.

 

Faz bem brincar...

Faz bem aprender...

Faz bem fazer amiguinhos...

Faz bem fazer de ti uma criança feliz, porque no final do dia eu vou aninhar-te no meu colo com muitos miminhos de Mamã com a certeza que, HOJE foste à escolinha e brincaste e aprendeste coisas novas.

 

Mais uma semana. Uma semana de adaptação.

 

A semana passada acabou por ser apenas dois dias de creche, porque o resto ficou cumplice de uma constipação "veranesca" com a Mamã.

 

Ai, ai...será que sou só eu a sentir-me assim?

 

Acho que não sei o que falo, não sei o que digo ou escrevo, a minha cabeça só está focada numa coisa: ELA e mais um milhão de perguntas, como: "Como estará?" , "Será que está a chorar?", etc, etc, etc...

 

Beijinhos a todos, e tenham uma ótima semana. Para aqueles que estão nesta nova aventura como eu...CORAGEM.

 

Mamã Zen, Mamã com estilo...

5 principios essências para uma boa educação e uma criança feliz

Muitas das vezes queremos dar tudo do melhor e mais caro aos nossos filhos, pensando que estamos a fazer o melhor do nosso papel de mãe e pai. Mas erramos.

 

Dar tudo, como o extremo de bens "hipersupérfulos", não ajuda a educar crianças com gratidão, e amor ao próximo. Mas sim a educar crianças exigentes no aspeto material, egocêntricas e egoistas. Isto de todo que não é a educação que esperamos dar aos nossos filhos. 

 

 

 

Por isso eu baseio-me em alguns principios, que acho realmente importante na educação e felicidade das nossas crianças.

 

  1. Ter um homem a que chame: PAI, no seu verdadeiro sentido de o ser.
  2. Ter uma mulher a que chame: Mãe, no seu verdadeiro sentido de o ser. 

Contudo, uma FAMILIA.

 

    3.   Estar sempre bem higienizado.

    4.   Ter sempre a "barriguinha cheia" (que haja sempre alimento para os nossos filhos)

    5.   Ter sempre o "coração cheio" de AMOR.

 

Estes para mim são os 5 principios essências, para uma boa educação e uma criança feliz.

 

E os vossos quais são?!

 

Beijinhos muuito grandes da "Mamã Zen, Mamã com estilo..."

 

Hidratação durante a gravidez - #review de produtos

Hoje venho com um tema muito importante para as Mamãs...

 

Cuidados a ter durante a gravidez, essencialmente com a nossa pele.

 

É importante hidratarmos desde inicio o nosso corpo, para que possamos prevenir o surgimento das tão indejadas estrias.

 

As estrias caracterizam-se por um rompimento das fibras elásticas que sustentam a camada intermediária da pele, formada por colágeno e elastina (responsáveis pela sua elasticidade e tonicidade). As estrias afectam homens, mulheres em idade adulta ou durante a adolescência, mulheres no transcorrer da gestação, e até mesmo crianças. As estrias geralmente são comuns nas mamas, quadris, culotes,coxas e nádegas. Cerca de 90% das mulheres atuais desenvolvem estrias durante a gravidez. (Wikipédia)

 

Existem duas formas de hidratarmos o nosso corpo. Uma é o consumo diário de 2 a 3 litros de água por dia, e outro é colocarmos cremes super hidratantes sobre a nossa pele, tendo em conta as áreas que poderão ser mais afetadas, que sofrem mudanças bruscas, como a barriga, seios e coxas.

 

Durante a minha gravidez, usei dois cremes. Um creme gordo da marca Barral e outro creme "9 meses" da Mustela.

 

20150522_193116.jpg

 

 

Passo a fazer um breve descrição de ambos.

 

Vou começar pelo creme da Mustela.

 

20150522_193147.jpg

 

      Este creme da marca Mustela, na linha         "Grossesse 9 Mois" é um creme que             depois de aplicado dá-nos a sensação         de hidratação, e por sua vez não é                 gordoroso.

 

      O que é ótimo, pois quando temos mais       pressa, e queremos vestir a nossa                 roupa, sem manchar de creme, é o               ideal. 

 

     Não mancha, e de fácil absorção.

 

     Para as Mamãs mais sensiveis ao                cheiro, este é mesmo o ideal, pois não        contém perfume. Sem qualquer tipo de        odor, também é bom para Mamãs que          tem pele sensível.

 

 

 

Podem encontrar este produto há venda     

20150522_193256.jpg

em várias lojas, mas deixo-vos aqui uma

sugestão. 

 

Na My Pure Care , a parafarmácia online

portuguesa onde é possível comprar

produtos de saúde beleza aos melhores

preços e sem sair de casa. 

 

Nela, podes encontrar este produtinho e 

outros mais, a ótimos preços.

 

Clica aqui para consultares e até mesmo

efetuares a tua compra.

 

É um ótimo investimento.

 

 

 

Quanto ao creme gordo, com óleo de amêndoas, da Barral, é um creme também muito bom. Hidrata em profundidade e promete aumentar a elasticidade da pele, e 

20150522_193209.jpg      prevenir o aparecimento de estrias. 

  

      No entanto por ser um creme muito               gordo, e espesso. É mais dificil a sua           absorção. O que leva a termos que               esperar que seque para podermo-nos           vestir. A não ser que queiram ficar com         a roupa manchada de "gordura".

 

      Como podem ver na foto abaixo é                 realmente um creme muito espesso.

  

20150522_193404.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

A minha opnião é utilizar este produto somente

a noite antes de dormir.  E deixar o creme da 

Mustela para de dia.

 

O creme gordo da Barral, podes encontrar á venda na farmácia, parafarmácias, e hipermercados. 

 

É um creme com durabilidade, pois a sua 

fórmula espessa, torna o produto rentável.

 

Na My Pure Care , podes encontrar também outra variedade de produtos da gama Barral e Mustela. Eles habitualmente fazem promoções a vários produtos, é de ter em atenção e aproveitar.

 

Pois bem, estes foram os produtos de hidratação escolhidos durante a minha gravidez, posso dizer que gostei de ambos, apesar que não era a Pré-Mamã mais cuidadosa comigo própria. Colocava quando me lembrava, ou quando o Namarido queria fazer festinhas na barriguinha. 

 

Graças a Deus, não fiquei com estrias, apenas tenho algumas leves, nas coxas, mas nada grave.

 

Espero que este post, vos tenha ajudado, pelo menos a escolher o vosso creme ideal. 

 

Beijinhos Mamãs, e aos Papás que coloquem creme nas Mamãs, acreditem que não é só a Mamã que gosta. A vossa bebé mantem um contato mais próximo com o Papá.

 

Gratidão por tudo, e um ótimo fim de semana. 

10 coisas que mudam depois de ser Mamã

Pois é...depois de ser Mamã, nasce sempre uma segunda Mulher, que prodomina a primeira. 

 

 

 

1- A Mamã passou a dar importância extrema à sua cria, por vezes parece que não existe mais ninguém no Mundo, mas ser Mãe tem dessas coisas. Paciência.

 

2- A Mamã gosta de ser Mãe em primeira pessoa, sem ninguém a dizer o que tem que fazer. Cada um sabe a melhor forma de cuidar o seu bebé. O que é perfeito para ti, pode não ser perfeito para mim, e vice-versa. Nada melhor que a nossa própria experiência para fazer de nós uma verdadeira Super-Mamã dos nossos filhotes.

 

3- O sono de um bebé é muito importante para o seu crescimento e desenvolvimento. NADA DE INTERROMPER.

A Mamã não gosta, e por sua vez o bebé também não. É tudo uma questão de respeito por ambos.

 

4- Desculpa se não atendo a chamada, ou não respondo à mensagem a tempo, o meu telemóvel passou a ter o silêncio, como única opção de toque. Ou não vejo, ou poderei estar demasiada ocupada na tarefa de Mamã.

 

5- Quando saiu à rua posso não estar uma super modelo, mas de certeza que estou uma SUPER-MAMÃ. O verniz, maquilhagem, e roupa bonita, fica para quando há tempo, por isso não te assustes.

 

6- Antes eu podia ir onde queria , até às horas que queria. Hoje escolho SEMPRE a companhia da minha filha, sendo ela a minha prioridade, e quem faz minha agenda. Não te chateies por eu ser melhor Mamã do que melhor amiga, mas ela marcou a minha agenda por 24 horas, 365 dias ao ano.

 

7- Almoçares, jantares, lanchares comigo agora é a três vozes. Por vezes, a terceira voz, grita, ralha, chora, esperneia, interrompe a conversa pela atenção, mas prometo, que vai ser sempre um encontro diferente e animado.

 

8- O meu carro passou a ser um centro infantil, onde podes encontrar de tudo um pouco. Fraldas, toalhitas, brinquedos...Cuidado onde pões os pés!!!

 

9- Ahhh não esquecendo, que a minha mala, virou uma casa ambulante, lá podes encontrar de tudo um pouco. Mesmo que a minha filha não esteja de momento comigo, de certo que vais encontrar um brinquedo perdido dentro da minha mala de mão. Podes brincar, eu deixo!

 

10- Desculpa, mas agora sou Mamã. A minha vida deu um giro de 180º, e já não sou somente uma mulher, amiga...agora tenho titulo. Sou MÃE.

 

Esta é a minha realidade, e a tua? 

 

Beijinhos muitos, muitos com imensa gratidão da Mamã Zen, Mamã com estilo...

 

 

 

Quilinhos a mais? E quê?

Olá a todos. Hoje venho assim um pouco desanimada. Mas comigo mesma ou não...não sei ao certo.

 

 

 

Quando era mais novinha era pessoa de me importar muito como eu era, tanto interior como de fisico. No entanto uma coisa que sempre de alguma forma fez com que eu fosse menos preocupada com estes aspetos, foi o fato de interiorizar, que eu era daquele jeito, e daquele jeito eu e o Mundo tinham me que aceitar. Afinal nós crescemos e construímo-nos, crescemos e o nosso corpo molda se ao jeito dele. 

 

E assim por muitos anos cresci, evolui, aceitei-me e amei-me do jeito que sou, tal como sou.

 

Dai, que fui Mamã. E ser Mamã, são 9 meses de transformações corporais, que só Deus sabe como fica passado esses 9 meses. Eu não tinha razão de queixa, pois eu fui uma grávida "elegante" no que toca a peso, e por sorte que a nível estético, não fiquei com manchas, nem estrias. Nem a minha cara ficou com o chamado "pano". Sorte, não é?

 

Passada a minha gravidez, e claro que apesar de estar "elegante", não sai do hospital de barriga lisa...sai como maioritáriamente as Mamãs saem, inchada.

 

O tempo passou, aliás, passou pouquissimo tempo, e eu desinchei, por completo. E comecei a perder peso, e a perder cada vez mais peso, sem nada fazer. Perdi tanto peso, que me encontrava demasiada magra.

 

Fui ao médico. Desde que fiquei grávida, nunca mais consegui sair de lá, sem me dizerem que só tinha que voltar por rotina.

 

Fiz análises, no entanto à partida já se saberia o que estava a passar, apesar da fase do baby-blues e inicio de depressão pós parto, a minha tiróide começou a funcionar mal, dai o tal emagrecimento súbito.

 

Após os resultados, comecei a medicação para controlar o meu hipertiroidismo. 

 

Dai...dai....comecei a engordar. E a engordar.

 

Não que seja obesa, mas estou "fofinha". A barriga depois de um bebé, ainda não estava no lugar certo, e como sou de engordar e fazer barriguinha, a dita cuja apareceu novamente. As pessoas que passam por mim estão sempre a questionar se estou grávida. Não sei se perguntam a todas as "fofinhas" do Mundo, ou se é porque acham simpático faze-lo a mim, mas o que é certo é que o fazem, e por vezes não pensam no que isso pode causar.

 

Até um determinado ponto eu não liguei. Até acho que para uma Mamã recente (12 meses) o corpo está razoável.

Aliás, acho que infelizmente, e por vezes vê-se rapariguinhas muito novas, que não são Mamãs e que não tem cuidado com alimentação e deixam o corpo chegar a uma dimensão quase impossivel de reverter ao que seria "normal".

Mas hoje isto toca-me. Toca-me pela insensibilidade das pessoas, pelas palavras duras que ouvimos, e mais a mais com o Verão a aproximar-se cada vez mais, tudo toca-me.

 

Eu estou a tentar reeducar-me, a criar hábitos alimentares saudáveis, a tentar dimunuir açucares, mas é dificil, e não é de um dia para o outro. Neste momento, estudo muito sobre alimentação saudável, e tento aplicar. Tento dar o melhor. Mas vai pouco a pouco. Quero colocar o  execicio físico na minha rotina, mas Mamãs será que só sou eu que ainda estou a habituar-me a consiliar a vida de Mamã, cada fase nova do nosso bebé, e o tempo passa e acaba por não chegar para nós?

 

A verdade é que já há alguns dias que ando para escrever sobre o tema, mas não sabia ao certo se me exprimiria da melhor forma, e mesmo assim estou para aqui a escrever...e vamos ver o que sai.

 

Descobri que há pessoas muito maldosas neste Mundo, que gostam de "castigarem-nos" com aquilo que para elas também não as faz feliz. É fácil apontar defeitos para que os nossos sejam ocultados. Enfim...

 

Como foi com vocês Mamãs? Têm sugestões?

E as que não foram Mamãs e sofrem do mesmo? Como é com vocês?

 

Ideias para refeições também se aceitam.

 

Ahhhh mas vou só salientar, que apesar do desabafo, eu continuo bem, mas é como um exemplo que estou constatemente a dar. Nós temos uma blusa que adoramos e vestimos, chega uma pessoa e diz que não gosta, mas nós não nos ralamos, chega outra e também diz que não gosta, até que chega um ponto que já é tanta gente a dizer o mesmo que nos questionamos, "na realidade, secalhar a blusa não me fica bem". E pronto...

 

Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..." .

A minha prenda do dia da Mãe: O Pai escreveu no blog da Mamã...

Hoje deixo-vos com dois posts, sendo este segundo a prenda que recebi do Papá da minha filhota, de forma a mostrar o que sou todos os dias na vida dos dois Amores da minha vida.

Aqui vos deixo o que o Papá escreveu no meu blogue, de forma a homenagiar este dia tão falado sobre o ser "MÃE".

Obrigada Mor...ADOREI. Amo-te muito.

 

 

Hoje dia 3 de Maio de 2015 e o teu segundo ano de ser MÃE.

 Uma mãe muito babada pela nossa Borboleta linda. Cada dia que passa tentas sempre superar o anterior querendo dar o máximo de ti como mãe, mas não só como mãe mas também como esposa. Como tu, não há nenhuma, pois és única tanto para mim como para a nossa Borboleta. És a Mulher das nossas vidas.

Para mim uma esposa muito paciente, sendo eu, um marido um pouco chato, mas que te ama muito assim como tu és. Meiga, carinhosa, compreensiva, um pouco teimosa, sempre preocupada com os outros, batalhadora, e muito objectiva… resumindo és a mulher que eu amo para todo o sempre e mais além.

Como mãe da Borboletinha linda que temos, nem sei que diga, se tinhas duvidas como seria ser mãe, não as demonstraste desde o primeiro dia que ela nasceu. Parece que algo dentro de ti nasceu quando ela nasceu, pois para ti tudo pareceu natural desde o primeiro dia.

É maravilhoso olhar para vocês as duas.

Se tu tens duvidas se és boa Mãe, pois eu não tenho duvidas nenhumas que és a melhor Mãe do Mundo que a nossa Borboleta podia ter, pois mesmo o dia começar tão cedo para ti entre ser Mãe, trabalho, cuidar da casa e tudo mais tens sempre a alegria contigo para cuidar da nossa filhota linda.

Talvez a melhor terapia para ti própria seja estar com ela, pois uma se completa a outra. E  se eu não as imaginar uma sem a outra muito menos tu, Mãe galinha que tudo faz para cuidar de seu rebento e não dá lugar ao  cansaço.

Obrigado por seres a melhor mulher do mundo e a extraordinária MÃE que és, pois contigo sei que nossa filha terá tudo que necessita para crescer e se tornar uma mulher dedicada como sua Mãe o é!! Vos Amooooooooooooooooooo.

 

 

E hoje é o dia da Mãe...

Hoje é o dia da Mãe.

 

 

Obrigado Mãe por tudo o que sou hoje, e por todos os dias venceres batalhas para fazeres de mim uma "princesa".

Hoje sou Mãe, e espero que um dia a minha filha possa sentir o orgulho que eu sinto por ti.

Hoje sou Mãe, e sei dar valor aos 9 meses carregados na barriga, há dor para me dares vida, às noites mal dormidas a pensar no melhor para nós, filhos, a seres a Heroína que és todos os dias.

Amo-te Mãe.

 

(Sei que não vives na blogosfera, mas também sei e tenho a certeza que demonstro, e tu sabes o Amor que tenho por ti, Mãe.)

 

Ati, sogra, que deste lugar à minha segunda Mãe, obrigada por tudo o que me tens dado, o apoio, o carinho, a compreensão, o Amor...nunca me esquecerei dos passos, e das mãos estendidas, sempre quando nós precisamos estão lá.

 

(A sogra faz parte da blogosfera, mas ela sabe também e faço questão de mostrar pelas minhas atitudes o quanto a Amo todos os dias)

 

A ti filha...

Obrigada por fazeres de mim a Mamã mais babada do Mundo.

Todos os dias tento ser o melhor para ti...e juntas, eu sei que vou aprender todos os dias, a ser uma Mãe melhor.

Porque todos os dias aprendemos, coisas diferentes, e o mais importante é que me ensinas a ser quem sou sempre unidas.

Amo-te Filha...

 

As estas três "mulheres" (uma ainda bebé), obrigada por fazerem parte do meu sonho, do meu Mundo, e do meu Universo.

 

Feliz dia Mamãs.

 

Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..." .

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub