Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mamã Zen, Mamã com estilo...

O blogue que retrata da vida de uma mulher após maternidade. Entre biberões e batons, um mundo cheio de descobertas ao estilo Zen.

Mamã Zen, Mamã com estilo...

O blogue que retrata da vida de uma mulher após maternidade. Entre biberões e batons, um mundo cheio de descobertas ao estilo Zen.

ANO 1: Recomeço...

FB_IMG_1483305859335.jpg

 

Dia 1, do mês 1, ano 1.

 

Estamos no início de um novo ciclo.

 

O ano 1.

 

E porquê "ano 1"? 

 

Resultado da soma dos 4 dígitos de 2017.

 

Os mais entendidos dizem que é o ano de iniciação, recomeços...

 

Então aqui estamos. Que sejas pelo bem, por o equilíbrio, pela positividade e gratidão. Pelo o Amor, a Paz e principalmente Saúde.

 

Gratidão por este dia. Por ter a oportunidade de acordar, rever e sentir a minha família. Respirar saúde. E ter consciência e sabedoria para este início/recomeço.

 

<3

 

O Natal cá de casa...

Olá Principes e Princesas deste meu Reino.

 

Espero que esteja tudo bem por ai...apesar desta segunda-feira de sol vergonhoso, é sempre bom dia para um novo recomeço.

 

Estamos preste a chegar ao dia de Natal. Apesar de duas semanas que ainda falta, tenho a certeza que passam num instatinho.

 

Por aqui já temos quase tudo apostos, pelo menos a árvore de natal, e algumas prendinhas já deliciam os olhos da minha pequena de 19 meses, cá por casa.

 

Delicia tanto que como diz o velho ditado, tenho que estar com "um olho no burro, e outro no cigano" para não ter nenhum "desgosto" antes de dia 24 de Dezembro.

 

Sim porque a rapariga acha piada ás caixinhas com papel colorido, bom, bom...era poder abrir ...ahahah

 

Mas vamos tentar guardar a emoção para a noite de Natal.

 

Este ano, de certo que já tem outro sabor.

 

Ela já entende melhor, o conceito de rasgar o papel para ver a prendinha que está lá dentro. Somente esse conceito, porque o Natal em si, fica para os próximos anos.

 

Aqui fica um cheirinho do nosso Natal cá de casa...

 

IMG_20151204_164109.jpg

 

 

Espero poder ver o vosso...é sempre bom partilhar...fico aguardar.

 

Agora, até já, com beijinhos grandes da Mamã Zen, Mamã com estilo...

Devolveram-me a magia do Natal?

Sem dar conta temos o Natal quase à porta.

 

natal.jpg

 

 

Já o amei por ser criança, e já o "odiei" pelo fato de crescer e deixar de acreditar na fantasia que era dada à época, pelo simples fato de não ser a realidade que morava em casa.

 

Voltei apaixonar-me no ano que engravidei.

 

Mais me apaixonei no ano em que a Princesa cá de casa nasceu. Foi como se me devolve-se a magia do Natal à Mamã.

 

Este ano, terá se Deus quiser, 20 meses. O que dará-lhe um pouco mais de compreensão sobre o Natal. Não pelo o seu significado biblico, mas sim, que afinal isto até é "fixe", recebe prendas, há festarola de familia, etc.

 

Nunca, em tantos anos, senti-me tão anciosa pela época natalicia.

 

Dar magia à nossa casa, ver a reacção da Princesinha, ter a familia (possivel) reunida, e que dentro dos nossos meios, que estejamos unidos, felizes, com saúde e paz.

 

Imagino árvore de Natal cheia de prendas, não para nós grandinhos, mas para ela. A magia de abrir cada presente e ver a sua cara de surpresa, alegria ou indeferença.

 

É sempre uma incógnita, as reacções.

 

Mas o que é certo é que a Mamã está anciosa por ela.

 

Será que a magia do Natal somente é devolvida a mim, Mamã, por o meu novo estatuto?

 

Ou todas por ai sentem que a maternidade devolveu-vos a fantasia?

 

Eu por aqui continuo à espera...a "imaginicar" afinal como será este ano o Natal cá por casa.

 

Beijinhos muito grandes da Mamã Zen, Mamã com estilo...

 

 

 

Também faz falta SERMOS para nós próprios...

Estamos constantemente a colocar as nossas forças em prova.

 

São diárias as batalhas, as lutas...

 

Para uns não é nada, para outros é alguma coisa, para outros sempre se preocupam, e ainda outros que estão sempre lá mesmo quando não dizem uma palavra.

 

lotus-flower-wallpaper.jpg

 

 

Aos que dizem que "não é nada" e não sabe o esforço que é diariamente para manter de pé, eu e a vida de quem me rodeia, ignoro, e classifico.  Sim, classifico. Classifico por aqueles que não vale a pena.

 

Para os que é alguma coisa, para os que se preocupam e para os presentes ausentes, merecem a minha consideração e respeito com todo o amor e gratidão.

 

Entende da vida, passa por semelhanças, e pelo menos uma vez da vida já tropeçou e teve que levantar-se.

 

Escrevo mas não sei porque escrevo. Só sei que me quero expressar.

 

Não consigo ser pilar de todos, todos os dias. Por vezes também preciso de abrigo.

 

Meu silêncio não é bom. Talvez depare-me com sinal de cansaço das pessoas, em modo geral.

 

A minha verdadeira alegria é aquela a que me chama Mãe.

 

Aquele que construiu familia comigo.

 

Aos que me deram vida.

 

E aos que me acolhem como filha.

 

Mais três ou quatro que guardo todos os dias junto do meu coração.

 

Tudo isto, para dizer que silêncio não é sinal de esquecimento.

 

Que se tivesse que me ocupar com a vida de todos, não tinha tempo para minha, e para as minhas coisas. Se já assim ele é escasso, faria se fosse de outra forma.

 

Canalizar as nossas energias para nós próprios não é sermos egoistas, é cuidar de nós.

 

Também precisamos.

 

Só assim há forças para o resto.

 

Cuidem de vocês, todos temos os nossos momentos.

 

Aprende a dar espaço e tempo para ti.

 

Beijinhos grandes da Mamã Zen, Mamã com Estilo...

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D