Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mamã Zen, Mamã com estilo...

O blogue que retrata da vida de uma mulher após maternidade. Entre biberões e batons, um mundo cheio de descobertas ao estilo Zen.

Qua | 13.12.17

Planta AMOR

mamazenmamacomestilo
Amor planta-se o ano inteiro. Não só, porque é Natal. Deixa-o crescer dentro de ti.  Até já. 
Dom | 01.01.17

ANO 1: Recomeço...

mamazenmamacomestilo
 Dia 1, do mês 1, ano 1. Estamos no início de um novo ciclo. O ano 1. E porquê "ano 1"?  Resultado da soma dos 4 dígitos de 2017. Os mais entendidos dizem que é o ano de iniciação, recomeços... Então aqui estamos. Que sejas pelo bem, por o equilíbrio, pela positividade e gratidão. Pelo o Amor, a Paz e principalmente Saúde. Gratidão por este dia. Por ter a oportunidade de acordar, rever e sentir a minha família. Respirar saúde. E ter consciência e sabedoria para (...)
Seg | 07.12.15

O Natal cá de casa...

mamazenmamacomestilo
Olá Principes e Princesas deste meu Reino. Espero que esteja tudo bem por ai...apesar desta segunda-feira de sol vergonhoso, é sempre bom dia para um novo recomeço. Estamos preste a chegar ao dia de Natal. Apesar de duas semanas que ainda falta, tenho a certeza que passam num instatinho. Por aqui já temos quase tudo apostos, pelo menos a árvore de natal, e algumas prendinhas já deliciam os olhos da minha pequena de 19 meses, cá por casa. Delicia tanto que como diz o velho (...)
Seg | 26.10.15

Devolveram-me a magia do Natal?

mamazenmamacomestilo
Sem dar conta temos o Natal quase à porta.   Já o amei por ser criança, e já o "odiei" pelo fato de crescer e deixar de acreditar na fantasia que era dada à época, pelo simples fato de não ser a realidade que morava em casa. Voltei apaixonar-me no ano que engravidei. Mais me apaixonei no ano em que a Princesa cá de casa nasceu. Foi como se me devolve-se a (...)
Seg | 19.10.15

Também faz falta SERMOS para nós próprios...

mamazenmamacomestilo
Estamos constantemente a colocar as nossas forças em prova. São diárias as batalhas, as lutas... Para uns não é nada, para outros é alguma coisa, para outros sempre se preocupam, e ainda outros que estão sempre lá mesmo quando não dizem uma palavra.   Aos que dizem que "não é nada" e não sabe o esforço que é diariamente para manter (...)