Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mamã Zen, Mamã com estilo...

O blogue que retrata da vida de uma mulher após maternidade. Entre biberões e batons, um mundo cheio de descobertas ao estilo Zen.

Mamã Zen, Mamã com estilo...

O blogue que retrata da vida de uma mulher após maternidade. Entre biberões e batons, um mundo cheio de descobertas ao estilo Zen.

Aprender a gostar de ti...

Olá a todos...

Tenho estado aqui a pensar a melhor forma de gerir o blog. Pois com um nome tão abrangente que é,   "Mamã Zen, Mamã com estilo...", posso ir por vastos temas, mas não queria perder rumo e por isso estou a procurar a melhor forma de gerenciar o meu blog. Mas como todos os dias, hoje, parece que surge algo novo, e hoje estou reflexionista, como algum tempo já não andava por aqui. 

Isto porquê? Porque encontrei esta frase (que até publiquei na minha página de Facebook):

"Com o tempo você vai percebendo que para ser feliz, você precisa aprender a gostar de você e principalmente,a gostar de quem também gosta de você."

 

Esta frase é a pura verdade.

Eu lembro-me que eu para gostar de mim, esperava constatemente apoio e palavras boas dos outros, para eu finalmente concluir, "Eu sou...". Mas não têm que ser assim. E no dia que vi que não era assim, acreditem, eu passei a ser feliz.

A contemplar o que a vida me deu. O que sou. Quem sou. Sem ficar a espera do aval de ninguém.

Quando estamos fragelizados, precisamos de apoio. Mas o melhor apoio, somos nós próprios. 

Nós somos o melhor amigo de nós próprios, do nosso coração e da nossa mente.

Implorar amor, carinho, apoio, só nos dá fraqueza. E estamos a dizer perante os demais, que somos fracos.

E tu não queres ser fraco/fraca. Tu não és fraco/fraca.

Medita todos os dias sobre ti. Como és como pessoa. Como ages com os outros.

Reflete sobre as tuas acções. O que achas que está certo, ou menos certo. 

Quem está contigo por seres TU, e não por seres o que os outros querem que sejas.

Quem dá valor à tua pessoa, quem dá valor ás tuas atitudes.

Essas são as pessoas que asseguir de ti própria/o, gostam de ti. 

Aprende a gostar dessas pessoas tal e qual como elas gostam de ti. Porque te aceitam, como tu és. 

Já reparas-te que secalhar são a essas pessoas que dás menos valor? Dá-lhes valor. Aos verdadeiros. Os outros, ignora, vai ignorando, e vai sendo cada dia que passa mais e mais feliz.

Ninguem é perfeito, por isso, não exigas, aceita. Alguem fez o mesmo por ti, antes mesmo de tu teres-te aceite.

 

Beijinhos muito grandes da  "Mamã Zen, Mamã com estilo..." 

Sermos nós, sermos Paz...

Eu sei que por vezes é complicado não ligarmos ao que nos rodeia sem absorvermos o lado menos bom da vida, e sem nos preocuparmos pelo os demais.

Mas por vezes cansa muito sermos só os outros e deixarmos de sermos nós para fazermos coisas que realmente gostamos.

Ultimamente tenho aprendido que não há nada melhor que olharmos por nós proprios, porque para além de ninguem faze-lo por ti, sem uma estabilidade mental e emocional, NUNCA podemos ser e dar o que não somos e não temos aos demais.

Como é que dás algo que não possuies? É como orçamento mensal de uma casa, tanto tiras para aqui e para ali, que quando dás conta falta em algum lado, como saldo negativo.

É igual connosco...um dia vai , e o nosso orçamento emocional, esgota ou entra a negativo.

Olhar por nós próprios, não é sermos egoistas nem egocêntricos...mas é criar equilibrio para que possamos ajudar a equilibrar os demais.

Procura o que te faz bem, deixa medos e ansiedades à parte...há coisas muito boas para aproveitar na vida.

O dia tem  altos e baixos, mas no final e na reflexão, apercebemos que conhecemos e aprendemos mais sobre o "Mundo"...só temos que ser gratos por isso...eternamente gratos por todos os dias . 

Com isso aprendemos a ter paz no .

 

Beijinhos beijinhos da "Mamã Zen, Mamã reflexionista..."

E agora caminha que há por aqui um grande João Pestana  

 

Caminhos a tomar...

"É necessário que, por muito que nos custe, nos dirijamos de forma dedicada ao que sabemos que nos faz bem e que nos proporciona bem-estar: A MUDANÇA"

"Emoções Tóxicas" de Barnardo Stamateas

 

Adorei esta frase, pelos vistos não foi ao acaso que um saco de livros novos ficou emprestado e a prenoitar em minha casa. Até porque eu ler? Uiiiiii, nem mais que um titulo de capa de livro super colorida, quanto mais o seu miolo... Agora?

DEVORO-OS querendo e sem querer, como um doce muito saboroso...

Livros neste momento é quase como a dieta...nas dietas substitui-se o chocolate pela gelatina light, no meu serão substitui a venenosa televisão, pelos os livros instrutivos e que pelo menos fazem de mim uma pessoa mais instruida  (digo eu ahahaah)

 

É a tal MUDANÇA...

E não há muito a dizer... 

 

Quanto ao dia de hoje encheu me o coração...espero ter enchido o de mais alguém...porque na vida existe pessoas e pessoas, fadas e anjos que nos conduzem ao que está certo, basta OUVIR...

 

arvores-frutiferas.jpg

 

Dai o mundo que nos rodeia fica assim, LINDO e COLORIDO.

 

Beijinhos gratos da "Mamã Zen, Mamã Amiga, Mamã Borboleta..."

 

Mimos, miminhos que nos fazem refletir...

Antes de mais...

10440804_997789236928106_863629941753107134_n

 

Pois é...hoje,como é o caso de tantos outros dias, recebo muitas partilhas de imagens de reflexão. 

Esta especialmente tocou-me ... E porquê? Porque quem a partilhou comigo partilha seguramente a mesma opnião que eu.

O simples, sem preço, sem valor monetário...os valores, a amizade e a alegria. Sim, porque esta é certamente a maior riqueza da nossa vida. 

Coisas simples enchem nos de amor, amizade, paixão, paz para com os outros. E quanto custa isto? NADA, absolutamente NADA...então não percebo porque os demais continuam a praticar gestos com custos, sem fundos e garantias, com possivel falência de valores. Não percebo a maldade, a má lingua, e a critica...

Com isto, NÃO SOU DE TODO PERFEITA, mas tenho feito para ser uma pessoa melhor, e sabem que mais? Finalmente estou a aprender a ser feliz com o realmente importante, com todo o amor, seja ele, de mãe, filha, amiga, mulher, etc.

Obrigada aos meus amores que estão aqui comigo no meu coração, na minha vida, sem pausas, porque mesmo não estando todos os dias convosco todos os dias fazem parte de mim.

Eternamente grata...a vós e a Deus.

 

Beijinhos no coração 

 

Desta vez da "Mamã Zen, mamã amiga, mamã familia, mamã mulher..."

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub